Logo BrazilLAB Logo BrazilLAB
América do Norte Tecnologia Economia Finanças

Em resumo

Em 2013, a província de Ontário registrou níveis muito altos de desemprego entre jovens. Isto incentivou a Ryerson University, em Toronto, com o apoio da Câmara de Comércio de Ontário, a desenvolver um portal para pessoas procurando emprego. O que distingue o Magnet de outros sites de empregos é a forma com a qual ele corresponde perfis de usuário com aqueles de potenciais empregadores, a privacidade que oferece aos usuários e a inclusão social que promove. Há um foco em todos os grupos enfrentando obstáculos para entrar no mercado de trabalho, não apenas jovens desempregados, mas também grupos como novos imigrantes, povos aborígenes e candidatos com deficiências.

O Desafio

Em 2013, houve um problema urgente de desemprego entre jovens em Ontário. "Em 2013, a taxa de desemprego para jovens de Ontário com idades entre 15-24 flutuou entre 16% e 17,1%, tendendo acima da faixa canadense de 13,5% a 14,5%, e colocando Ontário como a pior província fora do Canadá Atlântico para elevado desemprego entre jovens. O desnível empregatício entre trabalhadores jovens e mais velhos em Ontário é agora o maior de todos os tempos, com apenas um em dois jovens sortudo o suficiente para manter um trabalho remunerado." [1] Para funcionários e pessoas procurando emprego, há um arranjo vertiginoso de quadros e portais de empregos. "Há uma fragmentação significativa" explicou Mark Patterson, Diretor Executivo do Magnet. "A fragmentação e frustração que isto causou tanto para pessoas procurando emprego quanto para empregadores - saber onde procurar e postar empregos - era um desafio".

A Iniciativa

A Câmara de Comércio de Ontário, que representa 60.000 empresas na província, e a Ryerson University em Toronto, firmaram uma parceria para desenvolver uma resposta à situação de desemprego entre jovens em 2014. "O Magnet é a primeira plataforma a entregar correspondência precisa, instantânea e barata para o mercado. Utilizando a poderosa plataforma de tecnologia WhoPlusYou - incubada na Zona de Mídia Digital da Ryerson - o Magnet permite que pessoas procurando empregos se conectem às oportunidades de emprego certas que correspondem a suas qualificações, habilidades e interesses." [2]

O Magnet possui agora "mais de 20 universidades e faculdades parceiros, representando mais de 650.000 estudantes, milhares de empregadores e uma lista crescente de organizações focadas em emprego e com base em comunidades". [3] Assim como estudantes, o Magnet foca em imigrantes recentes, povos aborígenes canadenses, pessoas com deficiências e outros indivíduos enfrentando barreiras ao emprego.

O objetivo é conectar estudantes e graduados com informações de mercado de trabalho relevantes e as empresas que precisam de suas habilidades. Uma vez conectados, candidatos e empregadores podem se comunicar dentro do sistema por chat, vídeo e áudio conferência, e por meio de apresentações multimídia.

"Uma vez que você se registra e constrói um perfil, o Magnet começa pesquisando o emprego e as oportunidades de networking profissional certos. O seu perfil atrai os correspondentes que se encaixam nas suas qualificações e interesses." [4]

O Impacto Público

O Magnet teve um impacto significativo no mercado de trabalho de Ontário:

  • Há quase 100.000 pessoas registradas e ativas procurando emprego no Magnet.
  • O usuário médio com perfis completos recebeu 50 convites de candidatura para emprego de empregadores no último ano, e 11 conexões durante um período de seis meses. [5]
  • Há mais de 104.000 empregadores que utilizam o sistema para postar trabalhos e contratar talentos.

Este nível de impacto levou o Magnet a lançar parcerias em Quebec, Canadá Atlântico, Saskatchewan e Colúmbia Britânica.

O que funcionou
e o que não funcionou

Todos os casos no Observatório de Impacto Público do CPI foram avaliados quanto a desempenho com relação aos elementos dos Fundamentos de Impacto Público do CPI.

Legitimidade

Engajamento dos Stakeholders Ótimo

O Magnet recebeu financiamento de diversos stakeholders, tais como o governo provincial de Ontário e sua Câmara de Comércio. "Ontário investiu quase CAD1,2 milhões para ajudar a expandir o Magnet para instituições pós-secundárias em toda a província." [6] A Câmara de Comércio estava particularmente interessada em ajudar pequenas empresas a recrutar por meio do Magnet. "Pequenas empresas simplesmente não tinham uma forma de acessar a reserva de talento da forma que gostaríamos" explicou Patterson. "Fazia sentido desde o começo que, se vamos descobrir como abordar esses problemas, devemos pesquisar como envolver pequenas e médias empresas de forma mais eficaz e criar um sistema que permita que elas também recrutem a partir de instituições de ensino superior de forma mais eficaz."

O outro principal stakeholder foi a Ryerson University, que tem um interesse em fornecer ferramentas para seus próprios graduados, bem como um desejo de abordar o desemprego entre jovens de forma geral.

Os outros principais stakeholders são as pessoas procurando emprego e os empregadores que são potencialmente unidos pela rede do Magnet.

Compromisso Político Bom

O Magnet foi principalmente uma iniciativa da academia e das empresas. Patterson explicou o papel inicial da Ryerson University: "O que fizemos foi pegar o que agora são três empresas de tecnologia que estavam nas incubadoras de nossa Universidade, nas quais vimos potencial para abordar alguns dos problemas envolvendo desemprego e subemprego. Nós as unimos ao redor da marca Magnet e a Universidade ajudou a criar a instituição, fazer o marketing e lançar a iniciativa." A Câmara de Comércio de Ontário, como o representante de empresas locais, reconheceu o valor em firmar parceria com o Magnet. A plataforma também recebeu financiamento significativo do governo provincial.

Confiança Pública Bom

Os membros do público que são afetados pelo Magnet - o desempregado, em particular - demonstraram confiança nele: mais de 100.000 usuários, mais de 610.000 empregadores, 31 instituições educacionais pós-secundárias no Canadá e mais de 170 organizações com base em trabalho e comunidade estão registrados com o Magnet. Isto se deve em parte ao fato de o Magnet oferecer aos usuários maior privacidade de usuário que outros sites, bem como informações mais detalhadas no perfil de usuário sobre sua experiência e requisitos do trabalho para correspondê-los com os empregadores. Patterson disse que os altos níveis de envolvimento de usuário hoje podem ser atribuídos ao tempo e esforço da equipe do Magnet de divulgação na comunidade local sobre o Magnet e por encorajar tanto pessoas procurando emprego, quanto empresas a se registrarem.

O Magnet encontrou resistência de algumas fontes. Pessoas que estavam no negócio de apoiar pessoas procurando emprego a encontrar emprego, como representantes de agências de emprego ou conselheiros de carreira, ficaram preocupados que o Magnet pudesse torná-los redundantes. "Pessoas são receosas", disse Patterson. O problema, disse ele, foi que "ninguém estava realmente olhando para o sistema. Você tem todos esses atores individuais que se sentem ameaçados quando você começa a falar sobre mudanças no sistema. Para nós, uma das principais coisas que fizemos foi construir confiança construindo ferramentas que suportassem cada uma dessas organizações a fazerem seus trabalhos melhor e serem mais colaborativas e terem mais visão de sistemas."

Política

Objetivos Claros Bom

O objetivo principal do Magnet é abordar o desemprego e subemprego de pessoas jovens e indivíduos enfrentando barreiras ao emprego conectando pessoas procurando emprego com empresas buscando contratar.

Evidências Razoável

Ficou claro que Ontário tinha um problema significativo com desemprego entre pessoas com menos de 25 anos.

Também ficou aparente a partir de estudos que ingressantes são fundamentais para o crescimento do mercado de trabalho e a competitividade econômica canadense, mas ainda enfrentam barreiras ao emprego total. "Estudos mostram que recém-chegados são fundamentais para o crescimento do mercado de trabalho e a competitividade econômica do Canadá, mas pesquisas indicam que eles ainda enfrentam barreiras ao emprego total (Statistics Canada, 2014). As barreiras ao emprego incluem falta de entendimento do sistema empregatício canadense, bem como barreiras sistêmicas relacionadas à "experiência canadense", reconhecimento de credenciais, discriminação racial ([Ontario Humans Rights Commission - Comissão de Direitos Humanos de Ontário] OHRC, 2014) e viés. Informações e entrega de serviços fragmentados e uma falta de informações do mercado de trabalho local podem contribuir para ineficiências e potencialmente suportes inadequados (Mowat Centre, 2014).

Viabilidade Razoável

A viabilidade técnica do Magnet foi abordada pela "Associação de Tecnologia da Informação do Canadá (ITAC - Information Technology Association of Canada) em parceria com o Magnet para expandir a pipeline de oferta/procura da plataforma de carreiras, dando às pessoas procurando emprego de TIC acesso a mais empregos e tornando mais fácil e barato para que pequenas e médias empresas tomem proveito da oferta de candidatos qualificados". [7] O projeto utiliza a plataforma de tecnologia WhoPlusYou, que foi incubada na Zona de Mídia Digital da Ryerson (vide A iniciativa).

Entretanto, o que a equipe do Magnet não podia saber na época era a dimensão na qual as pessoas se envolveriam com a plataforma. "A maior coisa é que os desafios deste tipo de projeto não são limitações tecnológicas," disse Patterson. "É mais uma resistência comportamental à mudança e interesse próprio. O que realmente focamos foi em identificar cada um dos stakeholders e como podíamos fazer algo que os beneficiaria em seu foco central e se encaixaria na iniciativa maior."

Ação

Gestão Bom

O Magnet é uma "inovação social sem fins lucrativos". [8] O diretor executivo do Magnet é Mark Patterson, que é um membro do Conselho Consultivo de Empreendimentos para o Canadá e um recebedor do Prêmio de Liderança Administrativa Linda Grayson, que reconhece indivíduos que "demonstraram liderança excepcional por meio de gestão eficaz de um projeto, atividade ou equipe, para atingir resultados excepcionais". [9]

O Magnet é apoiado por seus parceiros, a Câmara de Comércio de Ontário e a Ryerson University, ambas as quais são instituições bem estabelecidas. Ele opera de dentro da Ryerson University.

Medição Bom

A principal métrica foi o número de usuários e empregadores registrados e ativos, bem como informações relacionadas a corresponder os dois, por exemplo, o número médio de convites de candidatura de emprego de empregadores para pessoas procurando empregos e outras formas de conexão entre eles.

Alinhamento Ótimo

Há um forte alinhamento de metas entre os principais atores. Os dois parceiros principais forneceram financiamento, enquanto a rede em si tem boas relações com empresas, não apenas por meio da Câmara de Comércio, mas também por meio de seus patrocinadores, tais como Tangerine e Ingenie. O projeto também possui relações com muitas instituições educacionais, não apenas com a Ryerson University. Ele firma parcerias também com organizações comunitárias, organizações de desenvolvimento econômico e de força de trabalho e associações profissionais.

O principal papel do Magnet é alinhar pessoas procurando emprego e empregadores para seu benefício mútuo. Há um foco particular em diversidade e inclusão social, então há alinhamento com aqueles que enfrentam barreiras particulares ao emprego.

O Magnet alcançou imigrantes firmando parcerias com:

  • "Organizações de serviços a imigrantes. [10]
  • Iniciativas multi-stakeholders.
  • Organizações etnoculturais.
  • Redes de imigrantes profissionais."

Ele também organiza eventos para ajudar imigrantes a encontrar empregos dando a eles um maior entendimento do mercado de trabalho canadense.

Com o suporte de Ontário, "o sistema expandiu para 18 faculdades e universidades por toda a província para ajudar empresas a recrutar estudantes e graduados qualificados para trabalhos em seus campos". [11]

O portal Magnet para pessoas
procurando emprego em Ontário

Panorama de resultados

Ótimo
Bom
Razoável
Fraco

Este estudo de caso foi originalmente publicado em inglês no "The Public Impact Observatory" do Centre for Public Impact (CPI).Outras publicações podem ser acessadas em: Centre for Public Impact.

Bibliografia

Magnet: Technology Innovation in Matching and Connecting Immigrants to Employment, Mark Patterson, 2016, Magnet, Ryerson University.

Magnet, Ryerson University.

The Young and the Jobless: Youth Unemployment in Ontario, Sean Geobey, 27 de setembro de 2013, Centro Canadense para Políticas Alternativas.

Magnet.

Entrevista para: Mark Patterson, Diretor Executivo do Magnet.