Logo BrazilLAB Logo BrazilLAB
Programa de Aceleração BrazilLAB Startups Selecionadas B2G Inovação no Setor Público GovTech

Aceleração 2018: conheça as startups selecionadas para o challenge de Educação Empreendedora

11/12/2018

Plataforma de criação artística para crianças e sistema que evita a evasão escolar são algumas das soluções propostas.

De um modo geral, o empreendedorismo no Brasil não é voltado à inovação. Dos 48 milhões de donos de empresas o país, 44% ingressaram no setor por necessidade e 70% recebem, no máximo, três salários mínimos - o que especialistas chamam de empreendedorismo de subsistência.


--> Baixe a lista completa das Starups Selecionadas <--

Tendo esse cenário em vista, a 3ª edição do programa de aceleração do BrazilLAB buscou soluções que fomentem o empreendedorismo de inovação na educação. Também foram procuradas soluções que preparem os alunos para que eles tenham as competências necessárias para enfrentar os desafios do futuro, além de ajudarem os educadores a cultivar a criatividade, o protagonismo, o empreendedorismo e a confiança dos alunos na sala de aula. Conheça agora quais foram as empresas selecionadas para o challenge de Educação Empreendedora.

 

EDUCAÇÃO EMPREENDEDORA

Botnicks: plataforma que permite, a empresas e outras instituições, atender seus usuários pelo chat do Facebook de forma automática e personalizada. Nas escolas, por exemplo, chatbots de educação podem passar tarefas frequentes e pontuais aos alunos.

EduCarreira: aplicativo desenvolvido para que escolas aprimorem as habilidades cognitivas e a orientação profissional de jovens do ensino médio.

FazGame: a startup criou o FazGame, um software lúdico e intuitivo de criação de games educacionais. Com ele, as próprias crianças e os jovens podem participar do desenvolvimento, pois não há a necessidade de conhecimento design ou programação - os games são do gênero point and click.

Instituto Now: empresa responsável pelo NOW App, que está sendo criado para desenvolver e medir competências sócio-emocionais de forma personalizada e adaptável. O foco são escolas, ONGs e universidades, que podem utilizar o aplicativo para geração de dados imediatos e personalizados sobre o desempenho de seus alunos.

Kriativar: plataforma digital que tem o objetivo de aproveitar todo o potencial criativo de uma criança, estimulando a criação e cocriação de conteúdo e fomentando o seu aprendizado. Nela, as crianças podem escrever textos, publicar desenhos e compartilhar livros.

Mundo4D: startup dedicada à implantação da educação 4.0 no país por meio de três produtos: sistema de ensino de tecnologia, que inclui os materiais do aluno e do professor, robôs e demais ativos educacionais; curso online de formação e atualização de professores, que apresenta conteúdos focados em tecnologia e nas novas metodologias de ensino; serviço de ensino de robótica e cultura maker "in school".

UniversiDados: sistema criado para reduzir a evasão escolar. Funciona por meio de um software e de um gerador de relatórios que, utilizando ciência de dados e machine learning, indica, aos gestores de IES públicas, perfis de estudantes em potencial que tem tendência a abandonar os estudos, o que permite ações preventivas.

 

Selecionamos as 33 Startups… E o que acontece agora?

Os empreendedores dessas startups terão meses de atividades intensas pela frente. De dezembro a março do ano que vem, eles vão receber mentoria e apoio de especialistas para desenvolver e validar seus modelos de negócio. Além disso, irão entrar em contato com gestores públicos, investidores e startups que já atuam em GovTech.

E em março de 2019 acontecerá o DemoDay, com algumas das startups que se destacaram durante o programa. O evento será aberto para a comunidade, e nele serão anunciadas as vencedoras, que receberão um contrato de investimento que pode variar de R$ 50 mil a R$ 200 mil, além de apoio do BrazilLAB para a implementação de um piloto de 180 dias gratuitos em governos parceiros.


--> Baixe a lista completa das Starups Selecionadas <--

Veja Também:

Programa de Aceleração BrazilLAB abre inscrições para o 2º Batch do Programa de Aceleração Força-Tarefa Covid-19

BrazilLAB abre inscrições para o 2º Batch do Programa de Aceleração Força-Tarefa Covid-19

Com o grande número de soluções para apoiar o poder público contra os efeitos da pandemia, abrimos no dia 25/09 novas inscrições para a Força-Tarefa Covid-19

Inovação no Setor Público BrazilLAB e Banco de Desenvolvimento da América Latina - CAF lançam relatório sobre o  ecossistema de Startups Govtech no Brasil

BrazilLAB e Banco de Desenvolvimento da América Latina - CAF lançam relatório sobre o ecossistema de Startups Govtech no Brasil

Levantamento mostra o potencial de crescimento dessas startups no país e como elas estão colaborando para melhorar os serviços públicos. Falta de fundos de investimento para início dos negócios ainda é o maior gargalo do setor, junto com desafios regulatórios

Programa de Aceleração Conheça os desafios do 2º Batch da Força-Tarefa Covid-19 do BrazilLAB

Conheça os desafios do 2º Batch da Força-Tarefa Covid-19 do BrazilLAB

A Força-Tarefa Covid-19 é uma iniciativa organizada pelo BrazilLAB com o apoio de parceiros e tem como objetivo aperfeiçoar e conectar tecnologias que solucionem desafios do poder público