Logo BrazilLAB Logo BrazilLAB
BrazilLAB GovTech Portugal Luís Goes Pinheiro Fundação BRAVA

BraziLAB promove evento com secretário de modernização administrativa de Portugal, referência mundial em inovação digital

21/06/2019

Luís Goes Pinheiro explica como a digitalização dos serviços públicos reduziu a burocracia, deixou os cidadãos mais felizes e, sobretudo, impactou a economia do País

Hoje Portugal é referência em administração pública digital. Como forma de inspirar o Brasil na construção de um governo inovador, o BrazilLAB, em conjunto com o Consulado Geral de Portugal em São Paulo e a Fundação BRAVA, convidamos Secretário de Estado Adjunto e da Modernização Administrativa de Portugal, Senhor Luís Goes Pinheiro, para o evento "Modernização e Transformação Digital da Administração Pública: o exemplo português e os caminhos para o Brasil”, nesta sexta-feira, 28, às 10h, na Casa do Saber, em São Paulo.


--> Inscreva-se aqui <--

Há cerca de 15 anos, Portugal era um país praticamente amarrado a uma crise de desenvolvimento, dívidas em aumento e altas taxas de desemprego. Atualmente, o país está entre as economias que mostram maior ascensão no mundo e é classificado como um dos campeões na simplificação de processos, na aproximação com instituições de ensino e no fortalecimento do ecossistema de inovação.

Portugal se transformou num celeiro global de startups. Em 2015, Lisboa foi nomeada a região empreendedora do ano pela União Europeia, dada a quantidade de programas para apoiar e aconselhar empreendedores e as ações governamentais para reduzir o tempo necessário para abrir novos negócios. Hoje, esse processo leva 6,5 dias em Portugal; no Brasil, em cidades como São Paulo e Rio de Janeiro, o processo leva, aproximadamente, 18,5 dias – segundo dados da pesquisa Doing Business, do Banco Mundial.

“Lisboa já faz parte da elite global de hubs para startups. A história por trás da construção de uma sociedade digital é um case relevante para inspirar o Brasil, que precisa de exemplos de visão governamental inovadora para evoluir nesse campo”, explica Letícia Piccolotto, fundadora do BrazilLAB.

Para atrair empreendedores do mundo tudo, o governo português criou uma estratégia nacional que conta com uma série de incentivos para quem tem boas ideias para viabilizar negócios inovadores. Entre eles estão a concessão de uma espécie de bolsa com um apoio financeiro mensal para os primeiros passos do empreendedor, ajuda financeira para os primeiros passos do negócio e vistos especiais de residência no país, porta de entrada para o mercado da União Europeia.

No evento promovido pelo BrazilLAB, o Secretário de Estado Adjunto e da Modernização Administrativa de Portugal, Luís Góes Pinheiro, vai falar sobre a ascensão do país e os caminhos para contribuir para uma agenda de inovação e tecnologia no setor público brasileiro. Portugal é um dos integrantes do D9 - grupo de países considerados referências na transformação digital adaptada à administração pública. Criado em 2014, o D9 é formado por Canadá, Coreia do Sul, Estônia, Israel, México Nova Zelândia, Portugal, Reino Unido e Uruguai.

Além dele, também participam a fundadora do BrazilLAB e Presidente Executiva da Fundação BRAVA, Letícia Piccolotto; a Secretária Especial de Modernização do Estado da Secretaria Geral da Presidência, Márcia Amorim, e o Pesquisador e Professor da EBAPE/FGV, Francisco Gaetani. O encontro acontecerá das 10h às 12h e será aberto à imprensa. A Casa do Saber fica na rua Dr. Mario Ferraz, 414, no Itaim Bibi, em São Paulo. Inscrições abertas aqui neste link.

Veja Também:

Inovação no Setor Público

"Ciência do surto": sistema de Inteligência Artificial ajudou a antecipar a disseminação de COVID-19

Equipe multidisciplinar de empresa canadense passou um ano ensinando a máquina a detectar 150 doenças letais e acompanhou o deslocamento de milhões de pessoas pelo mundo

Programa de Aceleração Programa de Aceleração: conheça as startups selecionadas para o DemoDay do BrazilLAB

Programa de Aceleração: conheça as startups selecionadas para o DemoDay do BrazilLAB

Em seleção realizada de forma inédita, totalmente online, dez startups apresentaram suas soluções para um grupo de gestores públicos, consultores, investidores e especialistas em govtech, sendo que seis avançaram para a última fase.

Inovação no Setor Público As startups, govtechs e o combate à pandemia: artigo de Letícia Piccolotto na Istoé Dinheiro

As startups, govtechs e o combate à pandemia: artigo de Letícia Piccolotto na Istoé Dinheiro

Os impactos da Covid-19 serão sentidos de maneira bastante peculiar no Brasil, em virtude das características econômicas e sociais do País. Decisões tomadas nos próximos dias representarão a diferença entre salvar centenas de milhares de pessoas ou lamentar não termos agido.