SMS Bebê - BrazilLAB
PT EN
SMS Bebê

SMS Bebê

[Plataforma de acompanhamento, monitoramento e interação inteligente: do início da gestação até 1.000 dias do bebê]

 

S M S  B E B Ê

 

Solução:

Tecnologia que possibilita medicina preventiva barata e em alta escala feita via postos de saúde ao a enfermeira cadastrar as mães e pais no website   www.smsbebe.com.br. Então um “robozinho amigo virtual” passa a dialogar e conversar com milhares de pessoas ao mesmo tempo via mensagens SMS, as quais são gratuitas tanto para receber quanto para responder. Não é aplicativo! A pessoa não precisa ter smartphone, pacote de dados ou saber operar um aplicativo. Esse amigo virtual guia, orienta, monitora, acompanha, educa e interage com essa família desde a gestação e parto até os 3 anos de idade da criança. As respostas recebidas pelo robozinho indicam quais são as deficiências a serem combatidas naquela família, e as conversas passam a focar na mudança de comportamento para aqueles resultados que precisam ser melhorados. Há impacto direto no IDH do município, economia com recursos já cientificamente mensurada e retorno do investimento.

 

Características da solução:

  • Se há uma única ação hoje que pode ser tomada para exponencialmente impactar ao mesmo tempo em melhorias futuras na saúde, educação, segurança e desenvolvimento, essa ação é o investimento na chamada “primeiríssima infância”, que é a fase que vai da gestação até três anos, quando a arquitetura cerebral do cidadão se forma, e da qual diretamente depende o futuro desse cidadão. Se a sociedade como um todo e o gestor público se sentem “enxugando gelo”, a resposta é investir na primeiríssima infância com a maior taxa de retorno para a sociedade, ao atacar na raiz as probabilidades de deficiências sociais, humanas e econômicas (Heckman, 2002, Prêmio Nobel do Ano 2000).

 

  • Este sistema automatizado de aplicação de ciência do comportamento em gestão populacional para viabilizar medicina preventiva barata e em larga escala. Com ele, um “robô amigo virtual” tem diálogos e conversas interativas, informais, educativas e amigáveis via SMS com gestantes, mães, pais e cuidadores durante e após o pré-natal, de modo a guiá-los, monitorá-los e acompanhá-los desde a gestação, parto e até 1.000 dias da criança após o parto. Esses diálogos são gratuitos tanto para receber as conversas quanto para respondê-las. Por não ser um aplicativo, não se depende de o usuário baixar e saber mexer em um aplicativo, ter smartphone ou ter pacote de dados.

 

  •  As intervenções abordam vários tópicos para acalmar e orientar essa nova família, enquanto os dados fornecidos proporcionam um redesenho do perfil de risco. Conforme as respostas chegam, o conteúdo se ajusta para sempre trabalhar mudança de comportamento, redução de stress tóxico (cortisol) e fazer com que o padrão de relacionamento dos pais com os seus filhos deixe de ser baseado em sobrevivência - em apenas manter a criança viva - para passar para um novo padrão onde se enxerga a criança como um projeto de construção. O resultado disso é um melhor desenvolvimento cerebral, com mais inteligência, curiosidade, capacidade de aprendizado, inteligência emocional e calma.

 

Impacto:

Impacto para usuário: Gratuito, tanto para receber quanto para receber os SMSs com diálogos. Maior calma e bem-estar (ver vídeo com depoimentos).

Impacto para gestor público: Economia e retorno de investimento ao fazer gestão populacional e medicina preventiva barata e em alta escala. Mudança de comportamento e sensação de proximidade do setor público que agora está perto dele (desaparece a sensação de que o setor público quer se livrar dele). Em Rio Negrinho/SC, o Secretário de Saúde que aprovou o SMS bebê foi o Vereador eleito mais votado da história local.

Impacto Social: Ataca na raiz a origem dos problemas em saúde, educação, segurança e desenvolvimento. Foco nas classes C, D e E (adesão e interação de 98%, e 90% de leitura em menos de 3 minutos), com resultados em mudança de comportamento, melhoria de relacionamento, redução de sinistralidades, redução de filas, melhor frequência no pré-natal e aumento do envolvimento paterno.

 

Tração:

Clientes atendidos: Bayer, Instituto Butantan, Google, APAE, USP, Prefeitura de Rio Negrinho/SC. Nos municípios de Prefeitura de Igaci/AL, Prefeitura de Palmeira dos Índios/AL, o SMS bebê tem foco em dengue, zika e chicungunya.

Premiações: Várias nacionais e internacionais. A maior premiação nacional é o Prêmio Criança, da Fundação Abrinq (certificadora do Prefeito Amigo da Criança e da Empresa Amiga da Criança). Internacionalmente, recebemos o Prêmio Google Disabilities, nos EUA.

Parcerias: Programa Saving Brains, com o apoio do Grand Challenges Canada (Governo do Canadá) e das fundações Maria Cecília Souto Vidigal, Bernard van Leer e Bill e Melinda Gates, com os parceiros locais Atenção Primária da Secretaria de Saúde de Rio Negrinho, Fundação Hospitalar Rio Negrinho, Incubadora Tecnológica Rinetec, Movimento Nós Podemos – Organização das Nações Unidas, Aceleradora da Artemisia Negócios Sociais, SEBRAE/Impact Hub, InovAtiva Brasil e Fundação Abrinq.

 

Empreendedor:

 Juliano Froehner, empreendedor social, mestre pela University of Warwick, Inglaterra, e pela Harvard Law School, EUA. Trabalhou no Centro para Desenvolvimento Internacional, da Faculdade de Governo JFK, Harvard. Foi nomeado expert pela BIO - Organização da Indústria da Biotecnologia para a Assembleia Geral da Organização Mundial da Saúde/ONU de 2007. É Embaixador do Programa Chevening, do Governo Britânico, para o Estado de Santa Catarina.

Veja Também:

Tecnologia contra a pobreza

Toomas Hendrik Ilves presidiu a Estônia de 2006 a 2016 e conta como o país virou o mais digital do mundo

GovTech Brasil 2º dia - debates sobre a realidade e o futuro da inovação

Destaques foram painéis sobre uso de tecnologia na saúde, na segurança pública e na educação. Evento foi encerrado com propostas de candidatos à presidência

GovTech Brasil 1º dia - O primeiro passo para a criação de um Brasil Digital

Confira como foi o primeiro dia da primeira convenção GovTech internacional no Brasil