Logo BrazilLAB Logo BrazilLAB
Cooltivando Vida

Cooltivando Vida

Plataforma de regularização e legalização de produção de alimentos de origem animal para a agricultura familiar. Agilizamos o processo de mitigação de riscos sanitários alimentares nas agroindústrias de pequeno porte da agricultura familiar.

[Plataforma de regularização e legalização de produção de alimentos de origem animal para a agricultura familiar. Agilizamos o processo de mitigação de riscos sanitários alimentares nas agroindústrias de pequeno porte da agricultura familiar.]

Cooltivando Vida

sim.cooltivando.com.br

 

Solução:

Plataforma de regularização e legalização de produção de alimentos de origem animal para a agricultura familiar. Agilizamos o processo de mitigação de riscos sanitários alimentares nas agroindústrias de pequeno porte da agricultura familiar.

 

Data de Fundação:  10 de janeiro de 2019

  

Redes das quais fazemos parte:

Empreendedorismo social solução em meio a pandemia Covid 19 Instituto Schwab.

 

Empreendedor:
Marcus Fusco

 

Veja Também:

Inovação no Setor Público Inscreva-se para a 4ª edição do BrazilLAB Talks: Lançamento da 6ª Turma de Aceleração de Startups

Inscreva-se para a 4ª edição do BrazilLAB Talks: Lançamento da 6ª Turma de Aceleração de Startups

O evento marcará o início das inscrições para a próxima turma do Programa de Aceleração do BrazilLAB

Programa de Aceleração Exame: Programa busca startups contra mudanças climáticas para conferência da ONU

Exame: Programa busca startups contra mudanças climáticas para conferência da ONU

O CiviTech Alliance vai selecionar até 20 empresas para aceleração e apresentação durante a Cúpula do Clima de 2021

Programa de Aceleração Programa internacional vai selecionar mais de 20 startups com soluções para mudanças climáticas para a COP26, em Glasgow

Programa internacional vai selecionar mais de 20 startups com soluções para mudanças climáticas para a COP26, em Glasgow

Além de se apresentarem na Cúpula do Clima, startups também terão oportunidade de conexão com investidores, governos e organizações de diversos países; inscrições vão até 25 de julho