BrazilLAB fecha parceria com a Start-up Chile e amplia horizontes para os empreendedores brasileiros - BrazilLAB
PT EN
Logo BrazilLAB
START-UP CHILE BRAZILLAB PARCERIA

BrazilLAB fecha parceria com a Start-up Chile e amplia horizontes para os empreendedores brasileiros

13/03/2017

Considerada uma das mais bem-sucedidas iniciativas de aceleração da América Latina -- e situada entre as top 10 do mundo --, a Start-Up Chile (SUP) foi criada pelo governo chileno com um propósito semelhante ao do BrazilLAB de fomentar o empreendedorismo e aumentar as oportunidades para startups de impacto.

Empreender é expandir horizontes. É deixar a distância de lado em nome da inovação que tem potencial para transformar uma sociedade, um país. Tendo essa filosofia como norte, o BrazilLAB vem buscando parceiros internacionais para dar mais abrangência ao seu programa de aceleração -- além expandir possibilidades para os nossos empreendedores brasileiros. E a parceria com a Start-up Chile, oficializada na primeira semana de março, é o mais recente resultado desse movimento.

Considerada uma das mais bem-sucedidas iniciativas de aceleração da América Latina -- e situada entre as top 10 do mundo --, a Start-Up Chile (SUP) foi criada pelo governo chileno com um propósito semelhante ao do BrazilLAB de fomentar o empreendedorismo e aumentar as oportunidades para startups de impacto. Hoje, é uma das mais diversas e vibrantes comunidades de startups globais.

Essa sinergia entre propósitos foi fundamental para que a parceria se consumasse. E os empreendedores de ambos os países só têm a ganhar, porque a união vai permitir:

  • O partilhamento e a promoção de informações relevantes sobre os principais eventos da Start-up Chile e do BrazilLAB;
  • O compartilhamento de informações sobre startups em ambas as redes;
  • A promoção de lançamentos das novas edições dos programas de ambas as aceleradoras.
  • E o mais importante: haverá a possibilidade de intercâmbio entre os dois países. O BrazilLAB poderá recomendar startups de alto potencial para participarem de um dos três programas de aceleração da SUP, enquanto que o inverso também ocorrerá: a organização chilena recomendará empreendedores para nosso o processo de seleção.

Esse intercâmbio terá início já no próximo dia 14 de março. Na data, a SUP vai abrir um novo processo de inscrições para o programa The S Factory. E o BrazilLAB já poderá contribuir com a recomendação de startups promissoras, com projetos de alto potencial -- e com a condição de que sejam lideradas por mulheres. Para mais informações, consulte o site .

É assim, expandindo limites e buscando novas oportunidades lá fora, que o BrazilLAB reforça seu propósito: ser, aqui dentro, o principal hub de inovação para acelerar ideias e conectar empreendedores com o poder público.

Veja Também:

Inovação no Setor Público O Brasil precisa construir um governo 100% digital

O Brasil precisa construir um governo 100% digital

Próximos governantes precisam deixar de ser espectadores e se tornem protagonistas dessa pauta

Empreendedorismo Feminino Uso de tecnologia no próximo governo pode reduzir em quase 100% custos de serviços públicos

Uso de tecnologia no próximo governo pode reduzir em quase 100% custos de serviços públicos

Adoção de uma agenda digital para o setor público poderia também elevar o PIB em 5,7%

Inovação no Setor Público Aprendizado e experimentação em inovação: o caso das encomendas tecnológicas

Aprendizado e experimentação em inovação: o caso das encomendas tecnológicas

Será que a inovação de fato está no centro da agenda de governo de quem almeja comandar o país?