‘Cidade em Jogo’: Conheça o game educacional brasileiro finalista em competição da OCDE - BrazilLAB
PT EN
Logo BrazilLAB
Educação Game Educacional Cidade em Jogo Inovação

‘Cidade em Jogo’: Conheça o game educacional brasileiro finalista em competição da OCDE

10/06/2019

Iniciativa “Cidade em Jogo”, da Fundação BRAVA, é uma das seis finalistas da Chamada de Cases Inovadores de Governo Aberto da organização internacional.

O projeto Cidade em Jogo, desenvolvido pela Fundação BRAVA em parceria com o Woodrow Wilson Center, foi selecionado para a etapa final da chamada de Cases Inovadores de Governo Aberto da OCDE (Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico). O edital, recebeu, ao longo de cinco meses, mais de 100 cases de 42 países e agora chega em sua última fase com seis iniciativas selecionadas. As duas iniciativas vencedoras serão apresentadas em um evento da sede da OCDE, em Paris.

 

O edital

A OCDE, em conjunto com o Observatório em Inovação no Setor Público e com a organização Open Government Partnership, lançou, em novembro de 2018, a chamada de Cases Inovadores de Governo Aberto. O objetivo da chamada é gerar uma plataforma de iniciativas que tenham impacto comprovado e potencial de replicabilidade para inspirar tomadores de decisão e sociedade civil na implementação de políticas públicas em todo mundo.

Após uma seleção rigorosa de mais de 100 cases recebidos pelo time de especialistas da OCDE, somente seis foram selecionados, e o Cidade em Jogo é o único representante do Brasil na lista, que também conta com iniciativas da Argentina, Espanha, Irlanda, Bélgica e Tunísia.  “Para nós, é muito gratificante ver o reconhecimento do projeto. Vimos de perto o potencial de impacto que o Cidade em Jogo tem nos projetos que fizemos junto a escolas públicas e privadas”, destaca Rodrigo Vaz, Coordenador da iniciativa.

 

O game

O Cidade em Jogo é um projeto baseado em um game online e gratuito, que se propõe a mostrar, dentro da sala de aula, como funciona a gestão de um município da melhor forma: colocando a mão na massa e aprendendo na prática. O game possibilita que os alunos sejam prefeitos por um dia, e decidam quais as melhores soluções para a sua cidade. Nesse processo, os alunos são estimulados a pensar criticamente e a discutir com diferentes colegas sobre seus diferentes pontos de vista em relação à sua cidade.

A iniciativa, lançada em 2017, já foi aplicada em mais de 50 escolas, públicas e privadas, e impactou mais de 2.500 alunos. Em 2018, o jogo já foi premiado, conquistando o segundo lugar no Festival ComKids, na categoria “Jogos Educativos”. Quer jogar? Clique aqui.

 

Vote na Iniciativa

Os dois vencedores da chamada apresentarão as iniciativas em um evento na sede da OCDE, em Paris. A escolha será feita de duas formas: um vencedor será escolhido pela própria OCDE, e o outro será eleito através de uma enquete. A votação está aberta até 01 de julho, através do link: oe.cd/vote-now. Para votar no projeto Cidade em Jogo, basta escolher a opção “Youth civic engagement via online gamification in Brazil” (Engajamento cívico de jovens via gamificação online no Brasil).

Veja Também:

Cidades Inteligentes Londres, Copenhague e Cingapura. O que faz dessas e mais outras sete cidades as mais inteligentes do mundo?

Londres, Copenhague e Cingapura. O que faz dessas e mais outras sete cidades as mais inteligentes do mundo?

Estudo do IESE Cities in Motion Index 2019 se utilizou de 9 categorias para ranquear os níveis de desenvolvimento de cidades ao redor do globo.

Cidades Inteligentes ‘CopiCola’: conheça o programa da Prefeitura de SP que disponibiliza guias de boas práticas para inovação no setor público

‘CopiCola’: conheça o programa da Prefeitura de SP que disponibiliza guias de boas práticas para inovação no setor público

A iniciativa da prefeitura disponibiliza os guias para implementação de programas inovadores por ela realizados, a fim de que outras cidades sigam seu exemplo

Empreendedorismo Feminino Treinamento ‘Mulheres na Ciência e Inovação’: como tecnologia e igualdade de gênero podem andar juntas

Treinamento ‘Mulheres na Ciência e Inovação’: como tecnologia e igualdade de gênero podem andar juntas

O Programa é voltado para pesquisadoras em áreas de ciência, tecnologia, engenharias e matemática que desejam inovar e empreender.