Logo BrazilLAB Logo BrazilLAB
Cuco Health HealthTech Inovação Empreendedorismo Feminino Lívia Cunha BrazilLAB Apple Entrepreneur Camp

CUCO Health: empresa acelerada pelo BrazilLAB é a única sul-americana na Apple Entrepreneur Camp

04/04/2019

A CEO Lívia Cunha conta detalhes de sua participação no programa realizado na sede da empresa, na Califórnia

No final de janeiro, a Apple abriu as portas de sua sede para doze empresas de desenvolvimentos de apps que têm uma característica em comum: foram fundadas por mulheres. As empreendedoras se reuniram no Apple Park, em Cupertino, Califórnia, para participar do Apple Entrepreneur Camp, programa elaborado  para oferecer, às criadoras de apps, as ferramentas de que elas precisam para prosperar na atual economia global de apps.

Entre as selecionadas, havia somente uma brasileira -- ou melhor, sul-americana: a CUCO Health, que foi acelerada pelo BrazilLAB e cuja solução já foi adotada por alguns municípios do país. Uma conquista e tanto para Lívia Cunha, fundadora e CEO da empresa: “mal sabíamos o que esperar do programa, mas ficamos muito entusiasmadas com a notícia”.

 

“Um banho de loja”

 A rotina dela e da CTO Fabíola Werneck na Califórnia foi intensa. “Foram duas semanas de auditorias dos produtos, muitas conversas com engenheiros da Apple sobre design e códigos”. De acordo com Lívia, esse contato foi fundamental para melhorar o produto, tanto na parte técnica quanto no design.

“O programa foi totalmente focado no nosso produto, o CUCO: Lembrete de Medicamentos”, conta Lívia. “Foi como se a solução recebesse um banho de loja. E no final, fizemos uma demonstração, uma apresentação da tecnologia da Apple que incorporamos ao produto, a Siri Shortcut.” A empreendedora explica: “verificamos que muitos pacientes não podem tomar os medicamentos na hora certa por conta da correria do dia a dia. Com a Siri Shortcut, a Siri funciona como uma cuidadora que vai aprendendo a rotina do usuário. Ela sabe que às quartas é difícil de tomar medicamento na hora certa, então ela se adapta e ajusta os lembretes”.

 

Foco também na liderança

Lívia destaca também como o programa desenvolveu sua liderança. “Foi uma mudança completa de mindset. Percebi que, como líderes, precisamos colocar o usuário, o paciente em primeiro lugar, o paciente. Todo o programa foi uma imersão nesse sentido”, afirmou.

Para a empreendedora, o programa também representa um movimento importante: o empreendedorismo feminino. “As mulheres estão cada vez mais abraçando suas ideias e tirando-as do papel. Empreendedoras estão se tornando referências, encorajando outras mulheres”. O próprio CUCO Health é exemplo dessa mudança: quando Lívia fundou a empresa, em 2015, o time era predominantemente masculino. “Mas, quando reinventei o CUCO, a primeira coisa que fiz foi trazer mais mulheres”.

Depois das duas semanas, Lívia e Fabíola voltaram para o Brasil com muitos aprendizados e uma certeza: “nossa ferramenta tem alcance global. Precisaremos trabalhar muito para isso, mas voltamos com tanta vontade de fazer acontecer, que já reunimos o time inteiro para mostrar que é possível irmos muito mais longe”.

 

Conheça mais sobre o Cuco Health

 

Quer trilhar essa história assim como a Lívia?

Conheça o Selo GovTech do BrazilLAB, que certifica startups como capacitadas e aptas a trabalharem e venderem para diferentes órgãos do governo. Ao ser aprovada no processo e obter o Selo GovTech, a startup passará a fazer parte de uma rede de empreendedores que possuem soluções tecnológicas para diversos desafios dos governos! Clique aqui e saiba mais.

Veja Também:

Programa de Aceleração Conheça as startups que avançaram para a Banca Pitch do 4º Ciclo de Aceleração do BrazilLAB

Conheça as startups que avançaram para a Banca Pitch do 4º Ciclo de Aceleração do BrazilLAB

Empreendedores e empreendedoras vão passar por uma rodada de avaliação de especialistas. Confira também as mudanças no calendário devido às medidas de enfrentamento do COVID-19.

Programa de Aceleração Aceleração: no último módulo presencial, empreendedores visitaram prefeituras e conversaram com gestores públicos

Aceleração: no último módulo presencial, empreendedores visitaram prefeituras e conversaram com gestores públicos

Startups ouviram demandas reais e apresentaram soluções em quatro municípios paulistas

Programa de Aceleração 3º módulo presencial da Aceleração do BrazilLAB: hora de medir impacto e aperfeiçoar o pitch

3º módulo presencial da Aceleração do BrazilLAB: hora de medir impacto e aperfeiçoar o pitch

Empreendedores tiveram aula de mensuração de resultados; treinaram suas apresentações e visitaram órgãos públicos