Logo BrazilLAB Logo BrazilLAB
Aprova Digital Selo GovTech Gove Astella Investimentos Startups B2G

Ecossistema GovTech em alta: Startup com Selo GovTech do BrazilLAB recebe aporte de R$ 4 milhões

28/01/2021

A Aprova Digital, Startup certificada pelo BrazilLAB, recebeu um aporte de R$ 4 milhões em rodada seed liderada pela Astella Investimentos

O ecossistema GovTech está em alta e cada vez mais desperta o interesse de investidores. No fim de janeiro, o Aprova Digital, Startup que busca desburocratizar e tornar digitais os processos das prefeituras do Brasil, recebeu um investimento seed no valor de R$4 milhões da Astella Investimentos. Agora, a empresa que possui o Selo GovTech do BrazilLAB passa a ter como membro de seu conselho Marcelo Sato, sócio do fundo. 

Com este aporte, a startup poderá crescer em todos os âmbitos. O time de colaboradores será dobrado, recebendo a contratação de mais de 40 pessoas, que vão atuar nos departamentos de sucesso do cliente, vendas e administrativo com foco na expansão do time de desenvolvedores.

Além disso, o Aprova Digital expande sua área de atuação de três para oito frentes de trabalho na gestão pública, de acordo com o artigo publicado pela Startupi. Abrangendo agora, as secretarias municipais de administração, saúde e finanças, ofertando processos digitais de vigilância sanitária, tributos, abertura e fechamento de empresas, compras e recursos humanos. A startup já vinha tornando digitais os processos de licenciamento de obras, licenciamento ambiental e comunicação interna de prefeituras por todo o país.

“As soluções do Aprova Digital já facilitam a vida de munícipes e servidores públicos de diversas cidades, desde municípios pequenos até a cidade de São Paulo. O aporte catalisa a escalabilidade da empresa e permite que atendamos cada vez mais secretarias municipais em diferentes regiões do país”, comentou Henrique Mecabô, Diretor de Relações Institucionais da startup.

“A Astella sempre busca investir em serviços que querem mudar o futuro do Brasil propondo soluções tecnológicas para problemas recorrentes. A morosidade nos processos de prefeituras é um problema enfrentado diariamente por munícipes e servidores públicos em muitas prefeituras do Brasil. Catalisar o crescimento do Aprova Digital faz sentido como oportunidade de investimento e, também, como oportunidade de fazer parte da mudança”, afirma Marcelo Sato, sócio da Astella Investimentos, para a Startupi.

Para o CEO e fundador do Aprova Digital, Marco Zanatta, o investimento seed realizado pela Astella Investimentos contribui não só para o crescimento dos serviços prestados pela startup, mas também melhora o posicionamento da empresa no mercado.

“Receber esse aporte da Astella consolida o Aprova Digital como uma GovTech relevante no cenário nacional e como uma das empresas de tecnologia mais valiosas do Paraná. O fundo de investimento está entre os cinco maiores do Brasil e é o melhor fundo brasileiro para empresas SaaS. O acesso aos sócios da Astella e aos executivos de outras empresas do portfólio deles tem um valor muito além do aporte financeiro”, afirma Marco Zanatta, CEO do AprovaDigital.

 

Gove recebe aporte de R$ 8 milhões

No fim de 2020, a Astella Investimentos também havia feito um aporte em outra GovTech: a Gove, startup de inteligência voltada para finanças municipais, recebeu investimento de R$ 8 milhões. Foi um das maiores rodadas seed já levantadas por uma govtech no Brasil. A Gove foi fundada em 2015 por Ricardo Ramos e Rodolfo Fiori, que estudaram engenharia juntos na Universidade Federal de São Carlos entre 2003 e 2008. 

A Gove atua na automação de análises estratégicas para gestão financeira municipal, além de identificar e apoiar na correção de ineficiências nas receitas e despesas. Sua ideia é que os gestores públicos tomem 100% de suas decisões utilizando dados, evidências e tecnologia.

“O investimento é um marco no ecossistema de govtechs, criando melhores condições para destravar um mercado que, por exemplo, nos EUA movimenta R$ 200 bilhões por ano só considerando compras de tecnologia de governos locais – no Brasil, as compras de tecnologia por parte de governos movimentam aproximadamente R$ 25 bilhões por ano. A entrada das govtechs no mainstream de investimentos de Venture Capital facilitará a criação de grandes empresas e tem potencial para aumentar, de maneira muito direta e rápida, a competitividade do país em si”, comenta Rodolfo Fiori, cofundador da Gove. Saiba mais na matéria publicada pela Startupi.

Veja Também:

Inovação no Setor Público Inscreva-se para a 3ª edição do BrazilLAB Talks: Os Laboratórios de Inovação e sua importância para a digitalização de serviços públicos

Inscreva-se para a 3ª edição do BrazilLAB Talks: Os Laboratórios de Inovação e sua importância para a digitalização de serviços públicos

A 3ª edição do BrazilLAB Talks contará com o lançamento exclusivo do estudo de Laboratórios de Inovação produzido pelo BrazilLAB, em parceria com a Fundação Brava e o Center for Public Impact

Inovação no Setor Público BrazilLAB apoia a criação do 1º Laboratório Binacional para ciência, tecnologia e inovação em saúde entre Brasil e Portugal

BrazilLAB apoia a criação do 1º Laboratório Binacional para ciência, tecnologia e inovação em saúde entre Brasil e Portugal

A Fiocruz e a Universidade de Aveiro (UA) firmaram um acordo de cooperação internacional para a ciência, tecnologia e inovação

Inovação no Setor Público Marco das Startups: BrazilLAB participa do Podcast Coisa Pública, organizado pelo CLP; ouça aqui

Marco das Startups: BrazilLAB participa do Podcast Coisa Pública, organizado pelo CLP; ouça aqui

Marco das Startups acelera a implementação das GovTechs no setor público; confira a participação de Guilherme Dominguez no podcast do CLP