PT EN
vale do silicio

Facebook? Google? Apple? Conheça a próxima gigante do Vale do Silício

01/08/2017

Uma companhia, porém, está despontando para ser a próxima grande companhia do Vale do Silício, rivalizando com as gigantes que lá já habitam

O Vale do Silício é a região mais inovadora do planeta. De lá, surgiram grandes tecnologias (como computador pessoal, smartphone) e empresas gigantes (Facebook, Google e Apple). E a região está na dianteira para muitas das tecnologias mais inovadoras que existem: como realidade virtual e carros autônomos.

Uma companhia, porém, está despontando para ser a próxima grande companhia do Vale do Silício, rivalizando com as gigantes que lá já habitam: a Nvidia, cuja sede fica em Santa Clara. Uma empresa que até pouco tempo atrás era mais conhecida pelo hardware que ela produzia para computadores e consoles para jogar games – as GPUs (Graphical Processing Units).

Acontece que esse hardware é mais útil para rodar inteligência artificial que CPUs tradicionais. E uma oportunidade gigantesca se abriu para a Nvidia: produzir o hardware que vai rodar essa inteligência artificial para todas as empresas que desejam usar inteligência artificial em seus negócios.

E é MUITA empresa: um carro autônomo (outra das tecnologias mais promissoras) vai precisar de uma grande quantidade desses chips. Por isso, a Nvidia já está trabalhando em conjunto com montadoras para desenvolver a tecnologia que será usada nesses carros.

Outras provedoras de serviços tradicionais deverão incluir inteligência artificial em seus negócios (imagine o Correios usando inteligência artificial para definir as melhores rotas de seus caminhões) cedo ou tarde, como ganho de eficiência.

E um terceiro ponto é que muita startup vai surgir fazendo “coisas antigas”, mas melhoradas com inteligência artificial. Se dez anos atrás a Nvidia estava preocupada em fazer crescer o mercado de games de alta performance, agora a preocupação é fazer crescer o ecossistema de seus consumidores: quem usa inteligência artificial.

Assim como a Cisco se transformou em uma das maiores empresas do mundo quando o mundo começou a desenvolver a infraestrutura de banda larga – chegando a ser a mais valiosa do mundo -, a Nvidia também terá uma grande oportunidade. “Inteligência artificial vai invadir todo o software”, afirmou Jen-Hsun Huang, CEO da Nvidia.

A mais inovadora do mundo agora

Além disso, a companhia foi eleita a mais inovadora do mundo em revista do MIT, batendo nomes consagrados como Tesla, Google e Amazon. A Nvidia tem como objetivo agora fortalecer o ecossistema de inteligência artificial o máximo possível.

A companhia está falando tanto disso que pretende treinar 100.000 desenvolvedores em deep learning este ano. “Inteligência artificial tornou-se a principal forma de tecnologia. E no centro dela estão as GPUs Nvidia”, destacou Colette Kress, CFO da companhia em uma conferência com os investidores da companhia.

Essa mentalidade transformadora é típica do Vale do Silício, região mais inovadora do mundo e que a Nvidia é uma grande expoente. Temos um e-book gratuito para tratar do que faz a região tão inovadora e para te ajudar a conhecer mais esta região.

Empresa quer MAIS startups no segmento

Prevendo chance de ganhar mais dinheiro com o crescimento de inteligência artificial, a Nvidia tem trabalhado com as startups do segmento para fortalecer o segmento. E já ajudou 1.300 startups desde que começou a focar com agressividade na inteligência artificial.

Para tal, a empresa está estabelecendo uma parceria com fundos de venture capital para financiar ainda mais startups de inteligência artificial e fortalecer o ecossistema. A Nvidia também está aberta para parcerias e financiamento diretamente para startups.

As oportunidades são imensas. Do mesmo jeito que Apple e Google dominaram o ecossistema de aplicativos para smartphones, a Nvidia quer ser a força dominante no de inteligência artificial – se transformando em muito mais do que uma simples vendedora de hardware: virando uma plataforma fortíssima para tudo que envolve essa tecnologia.

Com isso, vira referência no assunto e aumenta suas chances de se tornar uma gigante. O potencial é tão forte que uma das principais forças investidoras do mundo já colocou US$ 4 bilhões na Nvidia. Trata-se do japonês Softbank, que vem investindo pesado em novas tecnologias.

 

Via: Startse

Veja Também:

Por dentro do Demoday 2017: o evento, as lições e os grandes vencedores do prêmio.

Na manhã do dia 06 de dezembro, foi realizada a segunda edição do evento que sintetiza a vocação do BrazilLab. No Demoday, o empreendedorismo é aliado a políticas públicas em uma premiação que serve de ponto de partida para inovações práticas e de real impacto na sociedade.

Confira os selecionados para o Demoday de 2017

Nessa quarta-feira (06/12), o BrazilLAB realizará o Demoday com os empreendedores finalistas com uma banca de avaliação de prefeitos e gestores públicos. Na abertura do evento, contaremos com o Bernardinho, ex técnico da seleção brasileira de vôlei.

O governo como plataforma aberta

Ronaldo Lemos cita BrazilLAB em Artigo na Folha - A infraestrutura para transformar as cidades em "inteligentes" já está entre nós.