Logo BrazilLAB Logo BrazilLAB
BrazilLAB GovTech Uruguai José Clastornik ITS Rio

Lições do Uruguai: conheça José Clastornik, presença confirmada na 1ª edição do evento GovTech

18/07/2018

O atual diretor da Agesic – Agência do Governo Eletrônico e da Sociedade da Informação e do Conhecimento – vem ao Brasil para falar sobre como o Uruguai se tornou o primeiro país digital da América Latina.

O BrazilLAB, em parceria com o Instituto de Tecnologia e Sociedade do Rio – ITS Rio, realizará nos dias 6 e 7 de agosto o evento GovTech, que tem como objetivo contribuir para uma agenda de inovação e tecnologia no setor público brasileiro.

Ao todo são esperados 400 participantes de 10 países diferentes. Serão 20 palestrantes nacionais e 16 internacionais ligados tanto a setores da sociedade civil quanto ao setor público. Um deles é o uruguaio José Clastornik, que recentemente recebeu o Prêmio Trajetória 2017 da LACNIC – O Registro de Endereçamento da Internet para a América Latina e o Caribe –, pela sua contribuição ao desenvolvimento da Internet na região. Com este prêmio, “o Uruguai foi valorizado por querer articular à sociedade civil, à academia, à comunidade técnica e aos governos em âmbitos de discussão e redes de análise que permitam encontrar soluções comuns para serem replicadas em cada país desde uma perspectiva regional”, afirmou Clastornik.

Na atualidade, o engenheiro uruguaio é diretor da Agência de Governo Eletrônico e da Sociedade da Informação e do Conhecimento, que funciona na Presidência da República Oriental do Uruguai. A partir deste escritório, promoveu políticas e coordenou esforços para integrar as Tecnologias da Informação e da Comunicação no nível da Administração Pública. O impacto de seu trabalho e liderança atinge múltiplas esferas, tanto nacionais quanto regionais e internacionais. Mas Clastornik também fez parte de vários órgãos de direção, como os conselhos diretivos das unidades regulamentadoras de proteção de dados pessoais, acesso à informação pública e certificação eletrônica. Teve presença ativa na Comissão Política do Plano Ceibal, com o projeto “Um laptop por criança e docente”, e seu trabalho engloba diversas ações para derrubar burocracias e tornar o setor público mais eficiente e menos oneroso.

Em um cenário brasileiro alarmante, em que segundo estudo do Banco Mundial gastamos cerca de 88 dias por ano resolvendo burocracias, aprender com países que promoveram uma grande revolução digital é fundamental. O Uruguai possui um projeto consistente, com profundidade e alcance para promover grandes transformações via tecnologia. E este é um processo dos últimos dez anos, sustentado por uma política pública digital do Estado. Clastornik afirmou “A Estônia é o primeiro país digital do mundo, a referência número um, e o Uruguai é a Estônia da América Latina.” Por trajetórias de profissionais como Clastornik, o Uruguai faz parte do Digital 7 – Grupo formado pelo Canadá, Coreia do Sul, Estônia, Israel, Nova Zelândia e Reino Unido.

Sem dúvida, será uma grande honra ouvir diretamente de Clastornik os caminhos, desafios e conquistas de sua trajetória. E principalmente, visualizar como podemos aplicar ensinamentos uruguaios à realidade brasileira.

 

Sobre o evento

O evento GovTech: Construindo uma agenda digital para o setor público é realizado em São Paulo, com transmissão online ao vivo. É uma iniciativa do BrazilLAB, um hub de conexão entre o ecossistema de startups com o poder público, e do Instituto de Tecnologia e Sociedade do RIO (ITS Rio), organização sem fins lucrativos dedicada ao estudo do impacto e do futuro da tecnologia na sociedade. Esta primeira edição conta com o patrocínio da Fundação BRAVA, Banco Itaú, Magazine Luiza, Instituto Humanize e Gol.

 

Para maiores informações, não deixe de visitar o site do evento.

www.govtechbrasil.org.br

 

Informações para a imprensa

Loures Consultoria - [email protected] - (11) 2391-5005

Bruno Sisdelli – [email protected] – (11) 95474-7780

Isadora Mota – [email protected] – (11) 99624-8253

Veja Também:

Inovação no Setor Público Artigo de Letícia Piccolotto no JOTA: Govtechs e as previsões do setor para 2021

Artigo de Letícia Piccolotto no JOTA: Govtechs e as previsões do setor para 2021

Relatório mostra que há 80 startups no Brasil que são consideradas GovTechs relevantes; confira o artigo da CEO do BrazillAB

Inovação no Setor Público Observatório de Inovação no Setor Público (OPSI) da OCDE publica estudo de caso do BrazilLAB

Observatório de Inovação no Setor Público (OPSI) da OCDE publica estudo de caso do BrazilLAB

O estudo de caso do OPSI relata a trajetória e destaca as principais iniciativas do BrazilLAB

Programa de Aceleração Conheça as 58 Startups e PMEs aceleradas pelo BrazilLAB no ano de 2020

Conheça as 58 Startups e PMEs aceleradas pelo BrazilLAB no ano de 2020

Em 2020, o BrazilLAB concluiu 3 ciclos de Aceleração, 2 DemoDays e acelerou 58 Startups e Pequenas e Médias Empresas (PMEs)