O digital é essencial para dar escala ao empreendedorismo de impacto - BrazilLAB
PT EN
Logo BrazilLAB
PALESTRA EMPREENDEDORISMO TECNOLOGIA

O digital é essencial para dar escala ao empreendedorismo de impacto

05/08/2016

Painel Empreendedorismo 3.0 promovido pelo BrazilLAB discutiu como a popularização do acesso aos meios digitais é essencial para a evolução dos negócios de impacto social.

Painel Empreendedorismo 3.0 promovido pelo BrazilLAB discutiu como a popularização do acesso aos meios digitais é essencial para a evolução dos negócios de impacto social.

IMG_7990.JPG

A evolução dos meios digitais será essencial para democratizar o acesso a serviços e produtos, ao baratear a produção, agilizar a distribuição e proporcionar uma experiência única para os indivíduos. Quando se trata de negócios sociais, o poder do digital faz-se ainda mais necessário, pois é a partir dele que novos negócios conseguirão escala e maior disseminação. 

Exemplo claro desse novo caminho que o empreendedorismo de impacto seguirá é o caso de diversas iniciativas empreendedoras na educação. De acordo com Lucia Dellagnelo, presidente do CIEB – Centro de Inovação para Educação Brasileira, o futuro da educação prevê duas fortes tendências: escalabilidade e customização. A segunda diz respeito a como as formas de aprendizagem se moldarão e atenderão as necessidades de cada indivíduo; já a escalabilidade, prevê uma maior abrangência das soluções em educação e a democratização do acesso. Para ambas as tendências acontecerem, o poder do meio digital é essencial. 

 

IMG_8037.JPGLucia fez parte da mesa debatedora do terceiro evento organizado pelo BrazilLAB no Red Bull Station, Empreendedorismo 3.0 – A fusão do impacto social e a revolução digital, que contou com a presença de Osvaldo Barbosa, Diretor Regional do LinkedIn para a América Latina, e mediação de Letícia Piccolotto Ferreira,  gestora e idealizadora do BrazilLAB. O encontro ocorreu no dia 27 de julho e reuniu mais de 120 pessoas, lotação máxima da casa.

No painel, Osvaldo contou que o LinkedIn pode ser utilizado como ferramenta para construir e melhorar negócios a partir das conexões que a plataforma permite realizar. De acordo com o painelista, ao ter à disposição perfis tão diversos e capacitados de todo o mundo, é possível descobrir as pessoas exatas que compartilham das mesmas ambições profissionais e os backgrounds complementares para fazer qualquer ideia acontecer. 

 

IMG_7997.JPG

Enquanto Osvaldo apresentava soluções e ferramentas que podem auxiliar empreendedores, Lucia Dellagnelo tratou das tendências de inovação para o empreendedorismo, baseando-se na sua experiência com o tema educação. 

De acordo com Lucia, “todo dia aparece uma solução inovadora para a educação pública”, porém, muito dessas soluções não vingam devido ao desencontro entre as reais necessidades da educação pública e a visão do empreendedor. A diretora do CIEB defende que os empreendedores devem mergulhar na realidade da educação pública _ ir a campo _ e identificar que são os indivíduos responsáveis pela gestão da educação pública daquela cidade ou estado. Só assim, o empreendedor conseguirá criar soluções que, de fato, serão aceitas e implementadas. 

Abaixo, pode-se conferir  a conversa que tivermos com Lucia Delagnello ao final do evento, onde ela retomou os principais pontos tratados no debate.

 

Veja Também:

Inovação no Setor Público Iguá Lab é eleito a ideia mais inovadora do ano no PPP Awards

Iguá Lab é eleito a ideia mais inovadora do ano no PPP Awards

Iniciativa promovida pelo BrazilLAB selecionou projetos de startups voltados à melhoraria da eficiência no setor de saneamento

Programa de Aceleração Aceleração 2018: conheça as startups selecionadas para o challenge de Gestão de Pessoas

Aceleração 2018: conheça as startups selecionadas para o challenge de Gestão de Pessoas

Mineração de dados para auditoria em folha de pagamentos e plataforma de cursos de inovação para gestores públicos estão entre as soluções.

Programa de Aceleração Aceleração 2018: conheça as startups selecionadas para o challenge de Meio Ambiente

Aceleração 2018: conheça as startups selecionadas para o challenge de Meio Ambiente

Detecção automática de incêndios e gerenciamento de resíduos estão entre as soluções.