PT EN
Logo BrazilLAB
AWS Amazon EdStart EdTechs Startups

Oportunidade para EdTechs: AWS anuncia o programa EdStart para o Brasil

08/08/2019

Pela primeira vez na América Latina, startups voltadas para o setor educacional poderão se inscrever para receber créditos, treinamento técnico, orientação especializada e acesso a uma comunidade de empreendedores, desenvolvedores e especialistas da AWS.

A Amazon Web Services (AWS), empresa da Amazon.com (NASDAQ: AMZN) e apoiadora do BrazilLAB, anunciou  o lançamento do AWS EdStart para o Brasil, um programa de aceleração para startups com foco em tecnologia educacional (EdTech). O AWS EdStart, que chega pela primeira vez na América Latina, foi criado para ajudar empreendedores a desenvolver a próxima geração de soluções de aprendizado online, análise de dados e soluções de gerenciamento de campus por meio dos serviços de computação em nuvem da AWS. Este programa de alcance global já investiu milhões de dólares em créditos promocionais da AWS em 33 países, beneficiando startups como Mursion, Mission U, Way Up e Quizizz.

Focado em tecnologias inovadoras de ensino e aprendizagem, o AWS EdStart ajuda startups em fase inicial a captarem recursos e atrair os profissionais necessários para o crescimento e desenvolvimento de seus negócios.

"A AWS trabalha diretamente com uma comunidade de pessoas e organizações dispostas a encontrar soluções que abordem questões de educação global. Estamos felizes em ver mais e mais instituições de ensino no Brasil reconhecendo a necessidade de mover suas operações para a nuvem e estamos aqui para ajudá-las nesta jornada. país ávido por transformação digital e tecnologias como aprendizado de máquina, inteligência artificial, big data e segurança de dados ", disse Paulo Cunha, Gerente Nacional de Setor Público da AWS no Brasil.

 

Principais benefícios

  • Créditos da AWS - criados para ajudar a cobrir os custos operacionais associados a serviços em nuvem. Os clientes podem usar esses créditos como ajuda para começar a operar e a escalar.
  • Treinamentos técnicos - como membro do AWS EdStart, uma startup tem acesso a várias oportunidades de treinamento técnico para apoiar a consolidação da empresa. Os recursos incluem webcasts, sessões de treinamento técnico e apresentações especializadas realizadas por parceiros.
  • Mentoria - o programa incentiva a colaboração e a conversação entre líderes setoriais experientes e startups de tecnologia educacional. A mentoria também promove meetups, Pitch Days e recepções para os membros da comunidade.

O AWS EdStart foi concebido para ser um programa gratuito, sem custos na inscrição, buscando a participação, colaboração e democratização dos avanços tecnológicos na educação. Os participantes terão acesso às mesmas ferramentas na nuvem que algumas das maiores empresas do mundo estão utilizando, além de acessar e compartilhar o que há de mais avançado no conhecimento a respeito da computação em nuvem.

"Os beneficiados podem fazer parte do programa pelo tempo que desejarem, porque entendemos que a troca de ideias e experiências é essencial para a inovação", explica Cunha.  Atualmente, a comunidade do AWS Edstart já conta com mais de 300 participantes ao redor do mundo.

Para participar e receber os benefícios, as startups inscritas devem ter como missão de negócios a resolução de problemas na área da educação, não terem mais de cinco anos de presença no mercado e com receita anual de no máximo US$ 10 milhões.

Para mais informações sobre o EdStart, acesse o link: https://aws.amazon.com/pt/education/edstart/

Veja Também:

Cidades Inteligentes Mapa Para Simplificação: Endeavor mostra o caminho para cidades mais inteligentes e Fortaleza é exemplo de sucesso

Mapa Para Simplificação: Endeavor mostra o caminho para cidades mais inteligentes e Fortaleza é exemplo de sucesso

Manual orienta gestores públicos a reduzirem o tempo para a abertura e a formalização de empresas. E a capital cearense é um ótimo exemplo dessa transformação.

Global Summit da Singularity University:  os destaques da edição de 2019

Global Summit da Singularity University: os destaques da edição de 2019

Evento reuniu mais de duas mil pessoas no Vale do Silício para debates sobre liderança, transformação digital e tecnologias exponenciais. A Founder do BrazilLAB esteve lá e conta para você como foi.

Promovendo a inovação nos serviços públicos - Um artigo de Letícia Piccolotto, no JOTA

Promovendo a inovação nos serviços públicos - Um artigo de Letícia Piccolotto, no JOTA

A founder do BrazilLAB apresenta, neste artigo, os desafios a serem vencidos pelo Setor Público no caminho rumo à inovação.