Logo BrazilLAB Logo BrazilLAB
cuco app brazillab prefeitura

PJF lança aplicativo gratuito para cuidado com a saúde

21/09/2017

Por meio da Secretaria de Saúde (SS), lançou o Cuco, aplicativo gratuito para smartphones que ajudará pacientes, principalmente os que apresentam doenças crônicas, a garantir a correta administração de seus medicamentos.

Na manhã desta terça-feira, 19, a Prefeitura de Juiz de Fora (PJF), por meio da Secretaria de Saúde (SS), lançou o Cuco, aplicativo gratuito para smartphones que ajudará pacientes, principalmente os que apresentam doenças crônicas, a garantir a correta administração de seus medicamentos. É mais uma iniciativa para aperfeiçoar os cuidados com os pacientes do Sistema Único de saúde (SUS).

O Cuco funciona de maneira simples: o usuário baixa o aplicativo, cadastra-se usando e-mail, facebook ou número de celular e coloca dados básicos, como nome, idade, CPF e o remédio a ser tomado – indicando dose, horário e frequência semanal. Com tudo preenchido, o aplicativo emite um sinal sonoro no horário da medicação, evitando esquecimentos.

Durante a cerimônia de lançamento, o prefeito Bruno Siqueira comentou o avanço tecnológico: “O Cuco é mais um aplicativo que a PJF implanta para facilitar a vida do cidadão. Será muito importante para evitar o agravamento de uma doença crônica, como hipertensão ou diabetes, lembrando o usuário do horário correto de tomar seu medicamento”.

A secretária de Saúde, Elizabeth Jucá, explica que falhas na administração do medicamento podem agravar a doença a ponto de levar o paciente para uma unidade de urgência, resultando em prejuízos para o paciente, que tem piora em qualidade de vida, e para o município, já que os custos nas unidades de urgência e emergência são bem mais altos. “Nosso objetivo é a prevenção. Acompanhar o usuário e monitorá-lo de forma mais próxima”.

Neste projeto, a PJF tem como parceiros Comunitas e BrazilLAB e Cuco Health, desenvolvedor do aplicativo. “Os pacientes têm muita dificuldade em seguir o tratamento corretamente e percebemos que sentem falta de um apoio em suas casas. O Cuco vem para dar essa ajuda. Um dos nossos pilares foi sentar com os usuários e com pessoas que têm dificuldades com a tecnologia para que eles nos auxiliassem a chegar em uma funcionalidade adequada”, acrescentou o diretor e desenvolvedor do aplicativo, Gustavo Comitre.

No calçadão

Durante toda a manhã desta terça, juiz-foranos que passavam pelo Calçadão da Rua Halfeld puderam conhecer o aplicativo e suas funcionalidades, ao mesmo tempo que cuidavam da saúde. Enfermeiros e profissionais de educação física aferiram pressão, realizaram exame antropométrico e orientaram a população sobre a importância do trabalho de prevenção.

Primeira etapa

Inicialmente, o aplicativo será usado em dez unidades Básicas de Saúde (UBSs), onde as equipes já foram treinadas para orientar os pacientes. A intenção é que esse serviço seja expandido para as outras 53 unidades. O aplicativo está disponível para download gratuito nos sistemas Android e IOS.

 

Você pode conferir o vídeo aqui.

 

Fonte: Portal da Prefeitura de Juiz de Fora.

Veja Também:

Inovação no Setor Público Artigo no Estadão: GovTechs no Brasil têm terreno fértil e promissor

Artigo no Estadão: GovTechs no Brasil têm terreno fértil e promissor

Guilherme Dominguez e Carlos Santiso (PhD) escreveram um artigo no Estadão sobre os avanços na inovação do setor público

Inovação no Setor Público Aceleradas do BrazilLAB dominam categoria de GovTechs do Ranking TOP 100 Open Startups

Aceleradas do BrazilLAB dominam categoria de GovTechs do Ranking TOP 100 Open Startups

Das 10 Startups premiadas na categoria GovTech, 7 são da Rede do BrazilLAB; No Ranking das 100 Startups, 8 já passaram pela nossa Aceleração

Inovação no Setor Público BrazilLAB participa de Semana Internacional de Inovação da ENAP com vitrine de startups GovTech

BrazilLAB participa de Semana Internacional de Inovação da ENAP com vitrine de startups GovTech

Maior evento de inovação da América Latina é liderado pela Escola Nacional de Administração Pública (ENAP) e deverá reunir mais de 150 palestrantes nacionais e internacionais