SUSTENTABILIDADE AMBIENTAL: combate ao desperdício da água e soluções para reutilização - BrazilLAB
PT EN
SUSTENTABILIDADE INOVAçãO

SUSTENTABILIDADE AMBIENTAL: combate ao desperdício da água e soluções para reutilização

03/05/2016

Desenvolvimento sustentável é definido pela Organização das Nações Unidas como aquele que “satisfaz as necessidades pres

Desenvolvimento sustentável é definido pela Organização das Nações Unidas como aquele que “satisfaz as necessidades presentes, sem comprometer a capacidade das gerações futuras de suprir suas próprias necessidades”.

O Brasil possui 13% dos recursos hídricos superficiais do planeta, mas 73% deles concentram-se na bacia hidrográfica amazônica, onde habita apenas 4% da população brasileira. Ademais, a sustentabilidade do sistema de abastecimento de água depende de condições climáticas que são afetadas pelo aquecimento global. A crise de abastecimento enfrentada por São Paulo e Rio de Janeiro em 2015 evidenciou esse desafio.

E não é só o setor público como todos os setores da economia têm sua parcela de responsabilidade nessa história. Segundo dados do Fundo das Nações Unidas para Agricultura e Alimentação, a agricultura é quem mais consome água no Brasil, quase 70% do que é captado vai para a irrigação. O uso doméstico é responsável por 8% do consumo enquanto a indústria fica com 22%.

A água é um recurso limitado e o seu desperdício tem consequências graves para a sociedade. Segundo um relatório do Ministério das Cidades, 41% de toda a água tratada é desperdiçada - o que equivale a um número inimaginável de litros não aproveitados e cerca de R$ 4 bilhões de prejuízo.

A partir deste cenário, desafiamos empreendedores a pensarem e submeterem ideias e/ ou soluções já existentes a partir das seguintes perguntas:

- Como a tecnologia pode ajudar na implementação de um modelo escalável e sustentável para reutilização de água no Brasil (tratamento de esgoto, água da chuva, entre outras iniciativas)?

- Como a tecnologia pode ajudar a promover uma nova cultura de cuidado com a água engajando o poder público e a iniciativa privada?

Para mais informações sobre o tema acesse:

ONU - Água e Energia

Cidades Pela Água

Aliança pela Água

Visão Brasil 2030

Veja Também:

Startup e Prefeitura de São José dos Campos se unem para despoluir lago com tecnologia

Startup joseense vai coordenar projeto piloto para a limpeza de um dos lagos do Parque da Cidade

O que a Estônia pode ensinar ao Brasil sobre a pauta GovTech

Ronaldo Lemos retrata o pioneirismo da Estônia na questão das identidades digitais e no uso da tecnologia no governo (GovTech)

Metodologia ágil: o que o setor público tem a aprender com a indústria de desenvolvimento de softwares

Surgido no começo dos anos 2000, o modelo ágil propõe entregas muito mais rápidas e aprendizado contínuo. Veja aqui como a gestão pública pode se beneficiar com ele.