Logo BrazilLAB Logo BrazilLAB
Programa Aceleração Field Day São Caetano do Sul Jundiaí São Paulo BrazilLAB GovTech Inovação no Setor Público São José dos Campos

Aceleração: no último módulo presencial, empreendedores visitaram prefeituras e conversaram com gestores públicos

16/03/2020

Startups ouviram demandas reais e apresentaram soluções em quatro municípios paulistas

Entre as atividades do  e último módulo presencial da Aceleração do BrazilLAB, esteve o Field Day - uma visita técnica que as startups fizeram a órgãos governamentais. Os empreendedores se dividiram em quatro grupos, e cada grupo passou o dia em um município diferente: São Caetano do Sul, Jundiaí, São José dos Campos e São Paulo. Foi a oportunidade de apresentar soluções, conhecer de perto os desafios, conhecer novas demandas que podem ser enfrentadas com uso de tecnologia e estreitar laços com gestores públicos.

Na capital paulista, empreendedores reuniram-se com Gustavo Fernandes, Assessor Econômico do Tribunal de Contas do Estado de São Paulo e professor da FGV. Ele explicou o funcionamento do órgão em detalhes, dando informações sobre licitações e execução de contratos. Também falou da AUDESP, plataforma de digitalização do TCE para reunir todos os dados contábeis e produzi-los antes de os agentes irem a campo, o que facilita imensamente esse trabalho. 

 

“Respostas reais para problemas reais”

A seguir, Gustavo conversou com cada um dos empreendedores presentes, conhecendo suas soluções e orientando-os a respeito das implementações. E elogiou o que ouviu: "Parabéns a todos pelas soluções. São respostas reais para problemas reais". Para Raffael Escarpini, da Fonte de Preços, foi uma experiência única: “Ouvir feedback direto sobre o impacto que a sua solução tem dentro da instituição pública é uma oportunidade ímpar, principalmente se tratando de gestores que buscam inovação tecnológica como meio para benefícios para a população”. 

Após a conversa com Gustavo, os empreendedores visitaram o Juizado Especial Federal de São Paulo, onde trocaram ideias com o presidente Anderson Fernandes Vieira e uma equipe de servidores. E passaram também pelo Laboratório de Inovação da Justiça Federal.

 

“Sem fôlego”

Já em São José dos Campos, os empreendedores visitaram a Secretaria Municipal de Educação. Lá reuniram-se com Cláudia Khouri, Secretária Municipal Adjunta. A empreendedora Laura Ribeiro, da Eu Ensino, avaliou a experiência como enriquecedora. “A Secretária nos contou os problemas reais da cidade, e pudemos ver o quanto as nossas soluções fazem sentido, e como podemos contribuir para solucionar essas dores”, contou ela. “Ficamos até sem fôlego”, afirmou Alan Almeida, do Instituto Parças. “Ouvimos muito, aprendemos muito, e saímos daqui transformados pela experiência.”

Em Jundiaí, a Prefeitura recebeu sete startups. Pela manhã, os empreendedores conversaram com gestores e técnicos de diversas áreas da administração, como mobilidade e gestão de pessoas. Gabriel Savio, da Sipremo, trocou ideias com o cel. Gimenez, coordenador da Defesa Civil de Jundiaí. “Minha intenção foi fazer a diferença na vida das pessoas e comunidades”, explicou Gabriel. “Essa conversa poderá trazer informações importantes para o desenvolvimento da empresa”.

Depois, cada empreendedor foi visitar a unidade de seu interesse, como a própria Defesa Civil e a DAE. Para o gestor adjunto de Governo e Finanças, Roberto Araújo, que recebeu e organizou as equipes, esta é uma oportunidade valiosa. “Ter a parceria do BrazilLAB representa, para Jundiaí, a certeza de que já está acontecendo o nosso propósito de nos tornarmos referência em tecnologia e inovação.”

Já em São Caetano do Sul, os empreendedores visitaram a Subsecretaria de Tecnologia e Inovação, onde conversaram o subsecretário Luiz Gustavo Morcelli. A reunião contou também com colaboradores de diferentes setores municipais, incluindo o secretário Fernando Trincado, de Desenvolvimento Econômico, Trabalho, Turismo, Tecnologia e Inovação. Lá estiveram quatro startups. “São empreendedores que fazem parte do nosso programa de aceleração. Nossa proposta é fazer as conexões com os governos, para criar insights e ampliar network”, afirma o head de comunicação do BrazilLAB, Leandro Ferreira.

O Secretário Fernando Trincado resumiu o encontro: “confesso que tenho uma expectativa alta e hoje ela foi superada. São Caetano tem demandas importantes, e o hoje vimos exemplos de soluções que podem nos atender plenamente, no sentido de organizarmos melhor a cidade e de estarmos mais conectados com os moradores”.

 

Próximos passos

Encerrada a fase de módulos presenciais, serão escolhidas as dez startups que participarão da Banca Pitch, em abril. Dessas, seis serão selecionadas para a grande final, que é o DemoDay. Fique ligado no blog do BrazilLAB para mais informações!

Veja Também:

Inovação no Setor Público

"Ciência do surto": sistema de Inteligência Artificial ajudou a antecipar a disseminação de COVID-19

Equipe multidisciplinar de empresa canadense passou um ano ensinando a máquina a detectar 150 doenças letais e acompanhou o deslocamento de milhões de pessoas pelo mundo

Programa de Aceleração Programa de Aceleração: conheça as startups selecionadas para o DemoDay do BrazilLAB

Programa de Aceleração: conheça as startups selecionadas para o DemoDay do BrazilLAB

Em seleção realizada de forma inédita, totalmente online, dez startups apresentaram suas soluções para um grupo de gestores públicos, consultores, investidores e especialistas em govtech, sendo que seis avançaram para a última fase.

Inovação no Setor Público As startups, govtechs e o combate à pandemia: artigo de Letícia Piccolotto na Istoé Dinheiro

As startups, govtechs e o combate à pandemia: artigo de Letícia Piccolotto na Istoé Dinheiro

Os impactos da Covid-19 serão sentidos de maneira bastante peculiar no Brasil, em virtude das características econômicas e sociais do País. Decisões tomadas nos próximos dias representarão a diferença entre salvar centenas de milhares de pessoas ou lamentar não termos agido.