Logo BrazilLAB Logo BrazilLAB
Programa de Aceleração Aceleração GovTech Empreendedorismo Stratups

Quarta edição do Programa de Aceleração do BrazilLAB é lançada em São Paulo

26/09/2019

Evento de lançamento contou com a participação de empreendedores de startups aceleradas em outras edições.

No dia 25 de setembro, no Google Campus São Paulo, aconteceu o evento “Startups e Governos: Como fomentar uma parceria de sucesso?”. Foi uma data significativa para o ecossistema de GovTech brasileiro, porque, além de trazer debates sobre os benefícios do modelo B2G (Business to Government), o evento também marcou o lançamento da quarta edição do Programa de Aceleração do BrazilLAB, que vai selecionar três startups vencedoras. 

Na abertura, Letícia Piccolotto, Founder do BrazilLAB, destacou este novo ciclo. “Será a quarta turma de empreendedores que, passando pela jornada de aceleração, poderão entender como suas soluções podem contribuir para governos. Os selecionados também vão acessar nossa rede de mentores. Tudo com o objetivo de gerar impacto real na vida da população.” 

Em sua fala, Guilherme Dominguez, Diretor Jurídico do LAB, destacou os resultados desses quase quatro anos de trabalho: “Foram mais de 650 startups inscritas, 55 startups aceleradas e 14 soluções rodando em municípios parceiros. Também tivemos mais de 4.200 empreendedores impactados com eventos e ações de comunicação”. 

 

Rede de pessoas que fazem a diferença

Para Letícia, a Aceleração que se inicia agora terá, como principal destaque, a rede de pessoas que se engajaram nela. “Não só o time do BrazilLAB, mas os mais de 60 mentores e embaixadores que doam horas para orientar os empreendedores participantes”. O grupo é composto por perfis diferentes: servidores públicos, gestores de empresas, pesquisadores acadêmicos, investidores, etc. “São o nosso principal ativo, porque acreditam na pauta”, afirmou a Founder do LAB.

Letícia apresentou o calendário de atividades do novo ciclo de Aceleração: 

  • De 25/09 a 18/11 - inscrições
  • 26/11 - recebimento dos pitches 
  • 18/12 - divulgação das 25 startups selecionadas
  • 24/01/2019 - início da aceleração 
  • 13/04 - DemoDay (06 startups aceleradas e 3 vencedoras)

 

Os desafios e a premiação do Programa

Também foram apresentados os três desafios deste ciclo, nas seguintes áreas: Smart Cities e Urban Techs; Eficiência na Gestão Pública e Habilidades na Sociedade 5.0. De acordo com Letícia, os challenges foram elaborados em parceria com gestores públicos, o que vai abrir ainda mais espaço para a prototipagem de soluções nos municípios. Para conhecer detalhes sobre cada deles, clique aqui.

E a premiação será a seguinte:

 

Para o 1º lugar 

- Missão para o Vale do Silício em parceria com a BayBrazil, ONG que leva brasileiros para se conectarem com o pólo de inovação californiano;

- Investimento de até R$ 250 mil. 

 

Para as três startups vencedoras: 

- Assessoria jurídica para apoio em negociação com governos; 

- Participação em eventos para exposição da solução.

 

Com a palavra, startups que passaram pelo programa

No painel "B2G: Quais benefícios para uma startup ao trabalhar com o setor público?", empreendedores acelerados pelo BrazilLAB compartilharam experiências e aprendizados fundamentais. Estavam presentes Igor Coelho (GESUAS), Rafael Zenorini (Refinaria de Dados) e Marcos Oliveira (MobiEduca), com mediação de Guilherme Dominguez.

Rafael contou que a relação com o BrazilLAB ajudou a Refinaria de Dados a  ajustar a oferta para governos. “O encontro com o LAB foi muito oportuno e nos deu condições de oferecer uma proposta bem mais adequada. Hoje, oferecemos às gestões municipais uma infraestrutura de Wi-Fi livre nos espaços públicos, sem custo algum. Nossa receita vem da publicidade de empresas no serviço”. 

 

Ganha-ganha-ganha

De acordo com Rafael, trata-se de uma situação que beneficia todos os participantes: a prefeitura recebe informações precisas sobre os cidadãos; estes têm internet grátis e de qualidade; e as empresas têm leads altamente qualificados. “Foi a grande sacada que o LAB nos deu condições de encontrar”, afirmou ele. “Nós sempre tivemos clareza do que queríamos fazer. O BrazilLAB nos mostrou o como fazer”. 

Igor Coelho destacou a rede de contatos proporcionada pela Aceleração do BrazilLAB. “Não consigo pensar em outro espaço que consiga reunir tantas pessoas pensando em melhorar os serviços públicos. O relacionamento entre os empreendedores que enfrentam problemas parecidos aos nossos, o acesso aos mentores, as oportunidades de visitar uma prefeitura, de conversar; o BrazilLAB nos permite conexões que são indispensáveis para a nossa atuação”. Para o empreendedor do Gesuas, a Aceleração é “literal”: “O programa dura quatro meses; sem ele, nós demoraríamos uns quatro anos para conseguir tudo isso”. 

 

Se você tem uma startup de GovTech e também quer ter histórias como essas para contar, a hora é agora. Clique aqui e saiba como se inscrever no Programa que tem conectado empreendedores a governos, e que tem transformado a vida de milhares de pessoas. Boa sorte!

Veja Também:

Inovação no Setor Público Digitalização de serviços públicos cria mercado para startups; BrazilLAB ganha destaque na Folha de S. Paulo

Digitalização de serviços públicos cria mercado para startups; BrazilLAB ganha destaque na Folha de S. Paulo

GovTechs desenvolvem soluções de tecnologia para governos, como ferramentas de pregões eletrônicos. Guilherme Dominguez, cofundador do inovação BrazilLAB faz um balanço sobre o ecossistema GovTech.

Programa de Aceleração Compras Públicas, Lei de Inovação e Relações Governamentais: como foi o 2º módulo presencial da Aceleração do BrazilLAB

Compras Públicas, Lei de Inovação e Relações Governamentais: como foi o 2º módulo presencial da Aceleração do BrazilLAB

Compliance, propriedade intelectual e aspectos societários foram outros temas tratados na segunda etapa presencial do Programa de Aceleração

Inovação no Setor Público Como um país pode fomentar o ecossistema GovTech? Conheça 5 caminhos listado por especialista

Como um país pode fomentar o ecossistema GovTech? Conheça 5 caminhos listado por especialista

Especialista britânica menciona iniciativas que comprovadamente contribuem para a transformação digital do setor público. E o BrazilLAB está na lista.