Logo BrazilLAB Logo BrazilLAB
Programa de Aceleração Força-Tarefa Covid-19 BrazilLAB GovTech B2G Startups Pequenas e Médias Empresas PMEs

Confira as 15 Startups e PMEs selecionadas para o 1º Batch do Força-Tarefa Covid-19 do BrazilLAB

07/08/2020

Foram mais de 250 cadastros e 131 inscrições concluídas de todo o país e de fora dele. Conheça as empresas que têm potencial de transformar o setor público por meio da inovação

Chegou a hora de conhecer as startups e PMEs que vão participar do primeiro ciclo do Força-Tarefa Covid-19 do BrazilLAB. Após um criterioso e difícil processo de seleção, 15 empresas foram selecionadas para a Aceleração, cinco representantes para cada um dos três desafios propostos desta edição: Educação, Inclusão Produtiva e Digitalização do Poder Público. Chama a atenção a porcentagem daquelas que já vendem para o setor público: 67% das selecionadas (10 empresas) indicaram que já atuam com governos.


Baixe a lista completa das selecionadas

Em relação à distribuição geográfica das startups e PMEs, vale mencionar o fato de termos duas empresas internacionais, ambas da Argentina: a VU Security e a MuniDigital, que também conta com uma sede em Maringá, no Paraná. O grupo selecionado também está representado por 8 cidades de 6 estados do Brasil. No primeiro ciclo da Força-Tarefa Covid-19, três regiões brasileiras têm ao menos uma empresa que as represente: Sudeste (11), Nordeste (2) e Sul (1).

“É nessas horas que vemos o poder da transformação digital e como existem empresas que podem ser aliadas fundamentais para combater os efeitos socioeconômicos trazidos pela crise gerada pela pandemia do Covid-19. Elas podem apoiar a sociedade nesse momento tão difícil. Há um movimento positivo na atuação das GovTechs durante o enfrentamento da pandemia. Elas estão adaptando soluções ao contexto atual com rapidez, foco e resiliência”, relata Letícia Piccolotto, fundadora e CEO do BrazilLAB

A Força-Tarefa Covid-19, que conta com o apoio de organizações parceiras da instituição, como o Instituto Humanize, a Fundação Arymax e a Amazon Web Services, terá início no próximo dia 13 de agosto, com o Webinar de Boas-Vindas aos empreendedores selecionados. A boa notícia é que a qualidade das inscrições foram tão boas, que muitas soluções poderão eventualmente participar do Batch 2 da Força-Tarefa, que será lançado em setembro de 2020. 

 

Confira a lista das Startups Selecionadas:

 

Digitalização do Poder Público

Clicksign - Através da Clicksign, assinatura eletrônica e Fluxia by Clicksign, é possível transformar processos de formalização. Desde um documento comercial até ordens de serviço ou demais documentos públicos, como portaria e OSs. A Clicksign tem histórico comprovado de inovação e operacionalização de assinaturas tornando desnecessário o certificado digital, bem como a guarda de documentos em plataforma SaaS contextualizada e personalizada para os órgãos públicos.

Facilit Tecnologia - Por ser um conjunto de funcionalidades que melhoram a comunicação interna, a Plataforma Target gera mais produtividade e engajamento nos colaboradores e departamentos. Reduz o tempo perdido com reuniões improdutivas, institucionaliza as demandas virtuais, por meio dos encaminhamentos, e entrega diversas outras soluções para mitigar custos. 

MuniDigital - Startup argentina, com escritório também em Maringá (PR), que possui soluções que  permitem o gerenciamento de serviços públicos, monitorando os incidentes relatados por cidadãos e servidores através de aplicação móvel. A plataforma permite um controle integral de todo o processo de resolução do incidente, desde a reclamação até a conformidade. Graças a sua versatilidade e solidez, os usuários usam a ferramenta em uma ampla variedade de áreas, incluindo obras e serviços público, saúde, serviços sociais, inspeção e gestão ambiental.

Shopping do Cidadão -  Solução integrada de atendimento ao cidadão, que auxilia tecnologia de ponta para identificação do cidadão, facilidade de uso, simplificação de processos, integração com sistemas públicos, ampliando a capilaridade de atuação do poder público. O modelo integrado prevê o atendimento de forma híbrida (presencial e digital) conforme a necessidade e conveniência do cidadão. Com 12 anos de experiência em atendimento, entende as necessidades dos cidadãos e a melhor forma de ofertar os serviços públicos.

VU Security - Startup argentina que oferece uma plataforma de autenticação de identidade robusta e segura, que permite identificar um cidadão por diversos canais, como ferramentas de comunicação já conhecidas (Whatsapp e Telegram), além de integração por API e SDK. A plataforma também conta com reconhecimento facial contínuo que pode ser integrado em ferramentas de vídeo conferência como Zoom e Teams. Também dispõe de reconhecimento por voz, análise de geolocalização e de validação de RG e CNH com tecnologia de machine learning.

 

Educação

Agenda Edu - A Agenda Edu é uma plataforma (SaaS) de gestão de comunicação em ambientes educacionais. A plataforma funciona como um elo: unindo alunos, responsáveis e escolas, de forma eficiente, prática e segura. Inova ao trazer a comunicação em ambientes educacionais comumente feita por meio de impressos (agenda impressa e bilhetes) para o meio digital (ambiente web e aplicativo mobile), estreitando a relação entre os atores do processo educacional e centralizando a comunicação de forma a facilitá-la.

Árvore de Livros - Tem como propósito democratizar e disseminar o acesso à leitura de forma dinâmica, atualizada, sustentável e econômica, por todo o país através da flexibilidade da tecnologia. É a maior plataforma de leitura digital do Brasil, atuando em centenas de escolas e bibliotecas, com mais de 35.000 obras em nosso acervo. Oferece ferramentas de suporte pedagógico ao desenvolvimento do trabalho do professor e relatórios com dados de comportamento leitor. Além disso, disponibiliza função offline.

Filho sem Fila - Além de organizar e registrar os fluxos de entrada e saída de alunos, reduz drasticamente as aglomerações entre alunos dentro da escola e a permanência de pais do lado de fora, em 75%. O Filho sem Fila ganhou um questionário interativo de sintomas de COVID-19, tanto para alunos como para colaboradores, que permite que a Escola e os responsáveis saibam se os alunos devem ou não ir para a aula, de acordo com os sintomas. O mesmo vale para equipes e para os dias de rodízios de aulas. 

Prova Fácil - A plataforma acompanha o processo de avaliação das instituições do começo ao fim, possibilitando insights e melhorias a cada passo. Ajuda na evolução contínua de todos dentro da instituição com base nas informações obtidas a partir das provas aplicadas no dia-a-dia. Atua além da criação e correção de provas, desenvolve processos para selecionar candidatos, avaliar, treinar e medir resultados.

Tamboro - Tamboro é uma plataforma virtual que avalia e desenvolve as competências do século 21, por meio de desafios e cursos online baseados em uma aprendizagem através da experiência prática e da gamificação. A experiência na plataforma traz atividades avaliativas que avaliam o desejo/perfil do profissional e informam o quão distante ele se encontra do nível necessário para atingir o seu objetivo profissional. A partir desse momento, a plataforma oferece uma experiência personalizada de aprendizagem.

 

Inclusão Produtiva

Digital Innovation One - Plataforma gamificada de educação online com mais de 2.000 experiências educacionais em desenvolvimento de software entre cursos, desafios de codificação e projetos práticos onde toda comunidade de estudantes colaboraram entre si e as empresas tem acesso aos melhores talentos para recrutamento.

Lys Aprendizagem Simplificada - Curso à distância, totalmente via Whatsapp (presente em 95% dos lares). A "fábrica de conteúdo" desenvolve o plano de aula, com linguagem empática, motivacional e prática, com videos curtos (cerca de 3 minutos), incentivando que o jovem reflita e desenvolva projetos de vida. Sistema exclusivo envia os conteúdos de forma espaçada e individual, diretamente ao WhatsApp dos participantes, com atividades práticas e interação híbrida, via sistema e tutores humanos.

Mei Fácil - Neon Pagamentos - A solução é uma plataforma completa que resolve as principais dores do MEI, atacando 3 frentes: 1) Burocracia - o MEI consegue criar seu CNPJ MEI em 4 minutos e fazer toda a gestão de uma forma simples e fácil, como pagamento de impostos e emissão de NFs; 2) Educação - mais de 200mil MEIs treinados via Whatsapp, melhorando a performance e dando mais autonomia a esse empreendedor; 3) Serviços Financeiros - conta digital gratuita e serviços simples e de fácil acesso que aumentam a bancarização desse público.

Taqe - A Taqe provê uma identidade profissional para o candidato, permitindo que: 1) empresas tenham critérios mais amplos e objetivos para realizar a triagem como perfil comportamental, habilidades, conhecimento, entre outros; 2) candidatos possam se diferenciar para as empresas e tenham acesso a diversas vagas a partir de um único processo seletivo. Por meio de testes interativos, o algoritmo da plataforma identifica o perfil dos candidatos para realizar o match com as vagas e cultura das empresas. 

Worc - Plataforma de empregabilidade para digitalização e educação de pessoas de renda baixa para inclusão em empregos operacionais nas empresas clientes e parceiras. Benefícios integrados por meio de parcerias para suporte da base B2C. Não só ajudam pessoas a se recolocarem no mercado de trabalho, e nem só ajudam estabelecimentos a encontrarem os melhores fits para suas vagas. Fornecem para aqueles que querem, um dos bens mais antigos da humanidade: o trabalho.

 


Baixe a lista completa das selecionadas

 

A Força-Tarefa Covid-19 conta com quatro pilares de atuação

Aceleração de startups e PME’s: serão duas rodadas de aceleração, cada uma contando com 15 empresas. O programa conta com ações de capacitação e mentoria de soluções inovadoras, além da definição das verticais a serem trabalhadas, diagnosticando cada empresa para direcioná-las a capacitações e mentorias.

Roadshow virtuais: compreende a apresentação e conexão das empresas selecionadas a gestores. Para isso serão realizados encontros virtuais temáticos para apresentação das soluções das startups a líderes governamentais.

Comitê de especialistas: será criado um comitê de especialistas que será responsável por mensurar os impactos e a efetividade dos projetos, bem como definir as temáticas a serem trabalhadas. Serão representantes do terceiro setor, academia e empresas públicas e privadas.

Mensuração de impacto: as soluções das startups serão monitoradas constantemente de modo a aferir a viabilização dos produtos e principalmente comprovar a sua eficiência.

Saiba mais sobre a Força-Tarefa Covid-19 do BrazilLAB.


Baixe a lista completa das selecionadas

Veja Também:

Inovação no Setor Público Jurados do Brasil e do Vale do Silício selecionam 4 startups para Programa de Impacto da BayBrazil

Jurados do Brasil e do Vale do Silício selecionam 4 startups para Programa de Impacto da BayBrazil

As quatro selecionadas receberão mentorias com engenheiros, desenvolvedores de produto, designers e administradores que vão ajudar startups em seus desafios

Inovação no Setor Público GovTechs e a digitalização no Setor Público: veja o evento organizado pela KPTL com apoio do BrazilLAB

GovTechs e a digitalização no Setor Público: veja o evento organizado pela KPTL com apoio do BrazilLAB

O evento foi o primeiro da série que será realizada por KPTL, Cedro Capital, BrazilLAB e Colab;

Inovação no Setor Público Exame: Quando começar e como avaliar impacto? O caso do BrazilLAB

Exame: Quando começar e como avaliar impacto? O caso do BrazilLAB

Confira artigo escrito por Leandro Pongeluppe, pesquisador do Insper Metricis, conta um pouco do nosso caminho para a construção de uma avaliação de impacto do BrazilLAB