Logo BrazilLAB Logo BrazilLAB
GovTech Singapura

Drones-correios e cadeiras de rodas autônomas: como Singapura está elevando a inovação no setor público a um novo patamar

21/09/2018

Conheça as novidades apresentadas pela agência de GovTech do país no último mês de julho

Singapura, mais uma vez, é o destaque positivo no campo de GovTech. O país, que já era referência em inovação no setor público por motivos que listamos aqui, está investindo pesadamente em sensores, que são parte fundamental dessa transformação. Dispositivos como drones e cadeiras de rodas estão recebendo sensores e tecnologia para tornarem-se ainda mais funcionais.

Os detalhes desse processo foram relatados neste artigo do portal de GovTech de Singapura por Quek Yang Boon, Diretor do Centro de Sensores e de Internet das Coisas (IoT) da agência de GovTech da cidade-estado (sim, ela existe por lá).

 

O céu é o limite

As explicações de Boon foram dadas em uma palestra no Dia Nacional dos Engenheiros de Singapura, que ocorre em julho. Durante o evento, um drone carregando um envelope desceu do nível superior do centro de convenções que abrigava o evento enquanto Boon convidou o público a “imaginar suas cartas e encomendas sendo entregues por drones”.

“Nós falamos com frequência sobre sonhos ‘levantando voo’ e, neste caso, isso aconteceu mesmo,” disse ele ao apontar para o SingPost Alpha, um drone que foi usado de forma autônoma para entregar uma carta em Pulau Ubin, ilha na costa nordeste de Singapura. Simples e compactado como um drone pode ser, o dispositivo vem equipado com tecnologia que garante que chegue a seu destino com segurança, e que sua carga seja entregue em mãos.

Um GPS ajuda o drone a encontrar sua própria localização, e um computador de bordo programa o trajeto do voo. O dispositivo também tem um mecanismo a laser para evitar obstáculos físicos (como pássaros), enquanto câmeras embutidas permitem que ele se comunique com estações de controle. No caso de turbulência pesada ou de tempestades, um para-quedas será ativado para que o drone aterrisse calmamente.

Quek Yang Boon destacou que inovações como o SingPost Alpha unem o poder da computação, dos sensores e da Internet das Coisas para reduzir a nossa dependência da mão de obra humana. “A regulamentação acerca da entrega automatizada por drones ainda precisa ser aperfeiçoada, mas a tecnologia se provou eficaz,” afirmou Boon.

 

Inovação em terra, também

Após descrever como sensores estão aprimorando dispositivos voadores, o Diretor da agência de GovTech de Singapura destacou, no evento, como dispositivos terrestres também estão sendo melhorados com a tecnologia. Neste momento, uma cadeira de rodas motorizada entrou sozinha no palco.

“Essa cadeira de rodas tem uma capacidade de navegação local que permite a ela ir de um ponto A a um ponto B de forma totalmente autônoma — não tem controle remoto,” afirmou Quek Yang Boon. “É como uma versão simplificada de um veículo autônomo: a cadeira de rodas tem um potente processador para mapear espaços, bem como uma ferramenta chamada LiDAR [Light Detection And Ranging -- Detecção e Variação por Luz] que ajuda a evitar obstáculos,” acrescentou ele. Uma vez que a população de Singapura está envelhecendo, a notícia foi recebida com grande entusiasmo.

Para completar, Boon falou sobre a Smart Nation Sensor Platform (Plataforma de Sensores da Nação Inteligente), solução que está sendo desenvolvida para conectar dispositivos. O objetivo é, por meio dessa conexão, entender e analisar o comportamento da população, permitindo uma tomada de decisão fundamentada em evidências. Ou seja, mais uma vez Singapura mostra o caminho para a inovação eficaz e realmente transformadora no setor público.

Saiba mais no vídeo abaixo:

Veja Também:

Programa de Aceleração Conheça as 9 Startups e PMEs que seguem para a Banca Pitch da Força-Tarefa Covid-19

Conheça as 9 Startups e PMEs que seguem para a Banca Pitch da Força-Tarefa Covid-19

Próxima etapa da Aceleração acontecerá na quarta-feira (23/09) e definirá as Startups e PMEs finalistas para o DemoDay

Inovação no Setor Público BrazilLAB lança “BrazilLAB Talks” para debater a agenda de governo digital no país

BrazilLAB lança “BrazilLAB Talks” para debater a agenda de governo digital no país

Iniciativa inédita organizada pelo BrazilLAB vai promover debates com a participação de especialistas nacionais e internacionais sobre a agenda de inovação e tecnologia para a gestão pública no Brasil

Inovação no Setor Público Fundadora do BrazilLAB entra na lista dos 20 principais líderes GovTech de 2020

Fundadora do BrazilLAB entra na lista dos 20 principais líderes GovTech de 2020

Letícia Piccolotto entrou na lista elaborada pelo Creators que mapeia os líderes de destaque da pauta GovTech em todo o mundo