Logo BrazilLAB Logo BrazilLAB
GovTech Blog UOL Letícia Piccolotto TILT inteligência artificial saúde revolução digital

GovTech em pauta: confira um resumo dos textos de dezembro de Letícia Piccolotto no UOL

06/01/2020

Confira o resumo dos temas abordados pela Founder do BrazilLAB em sua coluna no UOL no mês de dezembro

Talvez você não saiba, mas a Founder do BrazilLAB, Letícia Piccolotto, tem uma coluna semana no UOL que é totalmente dedicado à pauta de GovTech. Com postagens semanais, o espaço se tornou parada obrigatória para quem quiser ficar em dia com o que acontece de mais relevante no campo da inovação no setor público, com o diferencial de trazer o ponto de vista de quem conhece o segmento fundo. 

E a partir de agora, postaremos mensalmente um resumo com os textos de Letícia, para que você possa ficar informado por aqui também.

Confira as postagens de dezembro:

Governo começa a estudar a inteligência artificial; devemos ter medo?

Neste texto, Letícia comenta a notícia de que o Ministro da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, Marcos Pontes, anunciou a criação de oito laboratórios de inteligência artificial no país. 

De acordo com ela, ainda que boa parte da população conclua que investir em IA está muito longe do que o país de fato precisa, a geração dos Millennials (nascidos nos anos 1980 e 1990) e a geração Z (nascidos entre o final dos 1990 e até 2010) têm expectativas diferentes de seus pais. Com a globalização e a democratização do conhecimento a partir dessas gerações, impulsionadas, principalmente, pela internet e os dispositivos móveis, o cidadão médio passou a consumir serviços de todos os tipos de uma maneira totalmente nova. 

Clique aqui para ler o texto na íntegra

 

Fim da fila de espera e mais: como startups querem recriar o setor de saúde

Aqui, Letícia parte de dados do Ibope sobre o SUS para enfatizar a importância da inovação na saúde pública (a cargo de startups conhecidas como HealthTechs). Segundo pesquisa de 2018, 75% dos brasileiros avaliam a saúde pública como ruim ou péssima; em 2011, esse percentual era de 61%. Oito em cada dez brasileiros concordam que já deixaram de procurar um médico ou fazer exames pela dificuldade no agendamento. 

A esses dados, Letícia contrapõe outros para mostrar o potencial de novas tecnologias trazem para o setor de saúde. Segundo dados de 2019 da Startup Genome, o Brasil é o maior mercado de healthcare da América Latina e o sétimo maior do mundo, com mais de US$ 42 bilhões gastos anualmente em atendimento privado. Há 353 startups atuando no ramo de healthtech no país, sendo que quase 35% concentradas no Estado de São Paulo, de acordo com levantamento da Abstartups. 

Clique aqui e leia o texto na íntegra.

 

Tecnologia na educação não é trocar caderno por tablet. Veja o que pode vir

O texto traz uma reflexão de Letícia a respeito das tendências para a inovação na educação, a cargo das chamadas EdTechs. Apesar de a hiperconectividade de crianças e jovens soar alarmantes, Letícia traz dados que revelam um cenário positivo: segundo um levantamento da J-PAL North America, organização ligada ao MIT (Massachusets Institute of Technology), há evidências científicas de que o uso de tecnologias traz impactos positivos para ampliar o engajamento das famílias e o aprendizado de estudantes, sobretudo em matemática. 

A partir daí, Letícia apresenta caminhos e possibilidades de inovar no nosso sistema público de ensino.

Clique aqui para ler o texto na íntegra.

 

Viu como a revolução digital avançou? Seu voto também pode ajudar em 2020 

No último texto do ano, Letícia Piccolotto realizou um balanço de 2019, destacando o poder da tecnologia, algumas tragédias que poderiam ser evitadas ou atenuadas com o uso da inovação, e listou alguns cases altamente inspiradores de GovTech, como o avanço de Portugal na digitalização e o investimento pesado da Coréia do Sul no 5G. Ela também apontou algumas tendências para 2020, destacando que o ano promete ser ainda mais disruptivo.

Clique aqui para ler o texto na íntegra

 

Veja Também:

Inovação no Setor Público Digitalização de serviços públicos cria mercado para startups; BrazilLAB ganha destaque na Folha de S. Paulo

Digitalização de serviços públicos cria mercado para startups; BrazilLAB ganha destaque na Folha de S. Paulo

GovTechs desenvolvem soluções de tecnologia para governos, como ferramentas de pregões eletrônicos. Guilherme Dominguez, cofundador do inovação BrazilLAB faz um balanço sobre o ecossistema GovTech.

Programa de Aceleração Compras Públicas, Lei de Inovação e Relações Governamentais: como foi o 2º módulo presencial da Aceleração do BrazilLAB

Compras Públicas, Lei de Inovação e Relações Governamentais: como foi o 2º módulo presencial da Aceleração do BrazilLAB

Compliance, propriedade intelectual e aspectos societários foram outros temas tratados na segunda etapa presencial do Programa de Aceleração

Inovação no Setor Público Como um país pode fomentar o ecossistema GovTech? Conheça 5 caminhos listado por especialista

Como um país pode fomentar o ecossistema GovTech? Conheça 5 caminhos listado por especialista

Especialista britânica menciona iniciativas que comprovadamente contribuem para a transformação digital do setor público. E o BrazilLAB está na lista.