PT EN
Logo BrazilLAB
Programa de Aceleração BrazilLAB Startups Selecionadas B2G Inovação no Setor Público GovTech Saúde

Aceleração 2018: conheça as startups selecionadas para o challenge de Saúde

11/12/2018

Entre as soluções, estão um sistema que inova no controle contra o mosquito da dengue e um “robô” que ajuda a melhorar os hábitos alimentares da população.

A situação é preocupante: o Sistema Único de Saúde corre risco de colapso em um futuro próximo. Por isso, é fundamental que se desenvolva uma cultura de prevenção de doenças, o que pode não só otimizar os gastos do governo na área, como também melhorar a qualidade e expectativa de vida da população.


--> Baixe a lista completa das Starups Selecionadas <--

Diante desse cenário, o BrazilLAB partiu em busca de startups com soluções para apoiar o setor público no oferecimento de ferramentas digitais para a prevenção de doenças, e ajudar a tornar o cidadão mais consciente e responsável pela própria saúde, auxiliando o Brasil em sua meta de queda de obesidade e na melhoria dos hábitos alimentares. Conheça agora quais foram as empresas selecionadas para o challenge de Saúde. 

 

SAÚDE

Avicena: responsável pelo Gissa, um sistema em nuvem que disponibiliza, para gestores de saúde pública municipal, informações contextualizadas e em tempo responsivo. O objetivo é qualificar e facilitar o processo de tomada de decisão. A solução faz isso por meio da coleta de dados que já estão presentes em bases obrigatórias para todos os municípios.

EuSaúde: a startup desenvolveu o Eu Saúde, uma plataforma que reúne várias iniciativas (aplicativos, wearable devices, portal de conteúdo etc) criadas para acelerar políticas públicas de promoção e prevenção de saúde.

Mosquito Zero: plataforma de soluções tecnológicas para o controle e o monitoramento dos focos de Aedes Aegypti. O sistema funciona a partir de um aplicativo, de drones e de chatbots, o que permite maior controle dos vetores do mosquito.

Nutrieduc: sistema de inteligência artificial que orienta usuários a seguir uma vida mais saudável. O robô também é capaz de alertar os horários das refeições e de se tomar água, além de enviar recomendações e, no futuro, analisar pratos.

Psicologia Viva: plataforma que conecta psicólogos e pacientes em sessões de psicoterapia online. O sistema permite atendimento em qualquer lugar do mundo e a um custo acessível.

UpSaúde: empresa que desenvolve aplicativos para processar e disseminar, para órgãos públicos, informações sobre pacientes de modo a otimizar o atendimento à saúde.

UniverSaúde: empresa que desenvolve uma série de soluções para melhorar a qualidade dos serviços de saúde no Brasil, desenvolvendo também ações de apoio e educação para gestores e profissionais.

 

Selecionamos as 33 Startups… E o que acontece agora?

Os empreendedores dessas startups terão meses de atividades intensas pela frente. De dezembro a março do ano que vem, eles vão receber mentoria e apoio de especialistas para desenvolver e validar seus modelos de negócio. Além disso, irão entrar em contato com gestores públicos, investidores e startups que já atuam em GovTech.

E em março de 2019 acontecerá o DemoDay, com algumas das startups que se destacaram durante o programa. O evento será aberto para a comunidade, e nele serão anunciadas as vencedoras, que receberão um contrato de investimento que pode variar de R$ 50 mil a R$ 200 mil, além de apoio do BrazilLAB para a implementação de um piloto de 180 dias gratuitos em governos parceiros.


--> Baixe a lista completa das Starups Selecionadas <--

Veja Também:

Cidades Inteligentes Mapa Para Simplificação: Endeavor mostra o caminho para cidades mais inteligentes e Fortaleza é exemplo de sucesso

Mapa Para Simplificação: Endeavor mostra o caminho para cidades mais inteligentes e Fortaleza é exemplo de sucesso

Manual orienta gestores públicos a reduzirem o tempo para a abertura e a formalização de empresas. E a capital cearense é um ótimo exemplo dessa transformação.

Global Summit da Singularity University:  os destaques da edição de 2019

Global Summit da Singularity University: os destaques da edição de 2019

Evento reuniu mais de duas mil pessoas no Vale do Silício para debates sobre liderança, transformação digital e tecnologias exponenciais. A Founder do BrazilLAB esteve lá e conta para você como foi.

Promovendo a inovação nos serviços públicos - Um artigo de Letícia Piccolotto, no JOTA

Promovendo a inovação nos serviços públicos - Um artigo de Letícia Piccolotto, no JOTA

A founder do BrazilLAB apresenta, neste artigo, os desafios a serem vencidos pelo Setor Público no caminho rumo à inovação.