Logo BrazilLAB Logo BrazilLAB
DemoDay GovTech Programa de Aceleração B2G CAF Carlos Santiso

Aceleração: DemoDay do 4º Ciclo contará com palestra internacional de especialista em inovação digital em governos

17/08/2020

Carlos Santiso é o Diretor de Inovação Digital do Estado no Banco de Desenvolvimento da América Latina - CAF, departamento que fundou ao ingressar na corporação em setembro de 2018.

O DemoDay do 4º Ciclo do Programa de Aceleração do BrazilLAB será realizado no próximo dia 21 de agosto, às 14h (horário de Brasília), em exibição totalmente online.  O evento contará com uma palestra internacional sobre o cenário GovTech na Ibero-América, que será conduzida por Carlos Santiso, Diretor de Inovação Digital do Estado no Banco de Desenvolvimento da América Latina - CAF. Carlos Santino é membro do Conselho do Futuro Global sobre Transparência e Anticorrupção do Fórum Econômico Mundial e em 2019 foi nomeado pelo Apolitical como uma das 100 pessoas mais influentes do mundo sobre a pauta de Digitalização de Governos.

Assista a transmissão aqui

Especialista em Inovação Digital em Governos

Carlos Santiso é o Diretor de Inovação Digital do Estado no Banco de Desenvolvimento da América Latina - CAF, departamento que fundou ao ingressar na corporação em setembro de 2018. Ele é membro do Conselho do Futuro Global sobre Transparência e Anticorrupção do Fórum Econômico Mundial, membro fundador do Centro para o Desenvolvimento Democrático de Burkina Faso e membro do conselho consultivo do Fórum de Governo Global na Grã-Bretanha. Em 2019, ele foi nomeado pelo Apolitical como uma das 100 pessoas mais influentes do mundo sobre a pauta de Digitalização de Governos.

Anteriormente, ele liderou as divisões de Inovação em Serviços ao Cidadão e de Capacidade Institucional do Estado do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID). Ele também atuou como gerente de setor de governança do Banco Africano de Desenvolvimento (ADB); como conselheiro de governança do Ministério do Governo Britânico para o Desenvolvimento Internacional (DFID) e como conselheiro do Gabinete do Primeiro-Ministro da França.

Cidadão da França e da Espanha, ele morou e trabalhou na Grã-Bretanha, Colômbia, Peru, Suécia e Tunísia e realizou trabalho político, operacional e analítico em mais de 40 países na Europa, África e América Latina. Ele é PhD em Economia Política Comparada pela Johns Hopkins University, mestre em Política Econômica Internacional pela Columbia University e mestre em Políticas Públicas pelo Institut d'Etudes Politiques de Paris.

 

DemoDay do 4º Ciclo de Aceleração

Depois de concluídos os três módulos presenciais de Aceleração e as mentorias online ao longo do primeiro semestre deste ano, agora seis startups selecionadas apresentarão suas soluções na fase final do programa, destinado a identificar soluções digitais inovadoras que possam contribuir para a eficiência de serviços públicos em três grandes áreas: smart cities e urban techs, habilidades da sociedade 5.0 e eficiência na gestão pública. As empresas serão avaliadas por uma banca composta por membros do BrazilLAB, prefeitos, gestores públicos das esferas estadual e federal, além de investidores e especialistas em tecnologia e governo.

Foram 300 empresas inicialmente inscritas e 26 participaram do programa de aceleração, das quais seis finalistas foram selecionadas para essa última etapa e apenas três serão definidas como as vencedoras. 

Segundo Letícia Piccolotto, fundadora do BrazilLAB, as soluções desenvolvidas este ano reafirmam o potencial que o empreendedorismo voltado para a inovação tem de promover transformações positivas no setor público brasileiro. “É incrível ver a quantidade de parceiros que conseguimos mobilizar e a demanda de órgãos públicos que nos solicitam para a construção de soluções, mostrando, assim, que o caminho da inovação será  cada vez mais explorado”, afirma.

Idealizada pelo BrazilLAB, a iniciativa  já acelerou mais de  81  startups ao longo dos seus quatro ciclos de aceleração e ajudou essas empresas a formatarem suas soluções para atender as principais demandas do setor público. Confira as finalistas da edição deste ano:

Fonte de Preços

Atualmente, 18 mil órgãos públicos no Brasil precisam promover cotações de preços para realizar seus processos de compras. Essa etapa de cotação de preços é a mais lenta de toda a fase interna da licitação, chegando a durar 60 dias. O Fonte de Preços apresenta preços homologados de outros entes públicos de todas as esferas, que podem ser utilizados como valores referenciais para definição do valor estimado da licitação. Essa atividade é realizada em cinco minutos.

LegalBot

Sistema de gestão do fluxo de normativos, utilizado hoje na indústria financeira mas com potencial de escala em outras áreas, que proporciona controle efetivo do risco regulatório por meio da integração de processos de conformidade de normas legais com políticas internas. Através de uma solução inovadora, LegalBot democratiza o acesso à inteligência regulatória.

Eu Ensino

Plataforma online de desenvolvimento e conexão de educadores. O sistema utiliza tecnologia para potencializar o aprendizado de técnicas e melhores práticas em gestão de sala de aula e habilidades sócio-emocionais, alinhadas com as diretrizes da BNCC.  

Inteceleri Soluções

A startup criou o Matematicando, solução que contribui de forma rápida e eficiente para que o aluno aprenda a matemática básica com uma metodologia que usa a cor com um gatilho de memória e promove exercício neurolinguístico. Tudo isso embarcado em jogo educativo digital.

Bright Cities

É uma plataforma exclusiva de diagnóstico de cidades para gestão pública. A ferramenta tem o objetivo de proporcionar otimização da gestão pública, resultando em melhor qualidade e menor custo de execução dos serviços e aceleração do uso de soluções inteligentes como benchmarks, contribuindo significativamente para a evolução das cidades.

NoLeak

Solução que utiliza câmeras/vídeos para extrair uma "impressão digital" do modo de andar de uma pessoa. Com isso, é possível identificar esta pessoa mesmo sem a face visível e a longas distâncias (100 metros), pois apenas utiliza-se o movimento corporal e o modo de a pessoa andar para gerar esta "impressão digital".

Assista a transmissão aqui

Informações

DemoDay BrazilLAB
Data:  21 de agosto
Horário: das 14h às 17h
Local: Transmissão on-line
Link para inscrição: INSCREVA-SE AQUI

Veja Também:

Inovação no Setor Público Aceleradas do BrazilLAB dominam categoria de GovTechs do Ranking TOP 100 Open Startups

Aceleradas do BrazilLAB dominam categoria de GovTechs do Ranking TOP 100 Open Startups

Das 10 Startups premiadas na categoria GovTech, 7 são da Rede do BrazilLAB; No Ranking das 100 Startups, 8 já passaram pela nossa Aceleração

Inovação no Setor Público BrazilLAB participa de Semana Internacional de Inovação da ENAP com vitrine de startups GovTech

BrazilLAB participa de Semana Internacional de Inovação da ENAP com vitrine de startups GovTech

Maior evento de inovação da América Latina é liderado pela Escola Nacional de Administração Pública (ENAP) e deverá reunir mais de 150 palestrantes nacionais e internacionais

Inovação no Setor Público BrazilLAB, Fundação Brava e CPI lançam estudo sobre ecossistema de Profissionais Digitais

BrazilLAB, Fundação Brava e CPI lançam estudo sobre ecossistema de Profissionais Digitais

Relatório apresenta desafios e oportunidades de melhoria na formação de profissionais responsáveis por conduzir a transformação digital