Logo BrazilLAB Logo BrazilLAB
Força-Tarefa Covid-19 GovTech B2G Programa de Aceleração BrazilLAB

Governo mais digital é aposta de 43% das empresas inscritas no 2º Batch Força-Tarefa COVID-19

20/10/2020

Organizado pelo BrazilLAB, programa vai acelerar tecnologias que ajudem o poder público a enfrentar os desafios causados pela pandemia

A crise do coronavírus atingiu todas as esferas da sociedade, causando danos que podem perdurar ainda por anos. No entanto, algumas empresas podem oferecer soluções tecnológicas que diminua esse tempo e minimize os efeitos negativos. Com esse objetivo, o BrazilLAB, primeiro hub govtech do Brasil, lançou  2º Batch da Força-Tarefa Covid-19, a fim de acelerar tecnologias digitais que possam apoiar o poder público na área de digitalização, educação e inclusão produtiva.


BAIXE A LISTA COMPLETA DAS SELECIONADAS

O BrazilLAB encerrou o período de inscrições para o 2º Batch e, assim como no primeiro ciclo, o interesse dos empreendedores na aceleração contou com marcas expressivas: ao todo, tivemos 86 inscrições de startups (86%) e pequenas e médias empresas (14%), vindas de todas as regiões do Brasil, sendo 34 cidades, 15 estados e Distrito Federal, além de duas inscrições internacionais (Colômbia e Chile).  Veja os principais números abaixo:

  • 34 cidades representadas
  • 17 cidades do Sudeste
  • 7 cidades do Sul
  • 6 cidades do Nordeste
  • 2 cidades do Norte
  • 1 cidades do Centro-Oeste
  • 1 cidade do Distrito-Federal

“A primeira edição foi um sucesso e nos surpreendeu a quantidade de soluções que estavam interessadas em combater os efeitos socioeconômicos e apoiar a sociedade em um momento como esse. Por isso, abrimos a segunda edição. Temos uma força empreendedora e tecnologias que serão essenciais nesse processo. Entramos nessa juntos e sairemos dela ainda melhores”, disse Letícia Piccolotto, CEO do BrazilLAB.

 

Perfil das empresas 

A maioria dos inscritos (43% do total) oferecem soluções para promover um governo mais digital, com ênfase em tecnologias para gestão de dados e da informação. A área da saúde também foi contemplada apresentando soluções envolvendo a gestão hospitalar, a segurança e análise de dados de prontuários eletrônicos e a redução da burocracia.

Já 37% pretendem trazer tecnologias para  educação em saúde e melhoria do processo de aprendizado e 20% das empresas inscritas querem trazer tecnologias para o empreendedor rural, empreendedorismo feminino, qualificação profissional de mulheres, negros e jovens.

O levantamento mostra ainda que o potencial de empresas interessadas em fornecer serviços tecnológicos que aprimorem a atuação do poder público é uma realidade que tem se consolidado. Afinal, 56% das empresas inscritas já venderam algum serviço à esfera governamental. Um dado que tem mostrado amadurecimento do setor se reflete no faturamento. Das soluções que estão no programa faturam em média R$ 1,9  milhão. A proporção de startups já em escala ou consolidadas segue alta, representando 70% do total. 

Outro ponto que vem chamando a atenção é a participação de empresas com mulheres à frente dos negócios. Na primeira edição, 24% eram empresas com lideranças femininas. Dessa vez, são 21%. Os homens ainda são a maioria, sendo 79% dos inscritos. 

“Estamos animados com o número e perfil das empresas inscritas. Nesses anos de de BrazilLAB, já vi muitas startups passaram por aqui, mas dessa vez, ao mesmo tempo que sinto que o desafio é maior, vejo que a vontade dos empreendedores em trazer tecnologias para enfrentar os efeitos da pandemia é imensa. E nós não vamos medir esforços para isso”, finaliza Piccolotto. 


BAIXE A LISTA COMPLETA DAS SELECIONADAS

 

Sobre o BrazilLAB

O BrazilLAB é o primeiro hub govtech do Brasil, e atua para fomentar a cultura de inovação no setor público. Por meio de pesquisas, eventos, certificações e de um programa de aceleração de startups, buscamos engajar líderes públicos e empreendedores em prol de uma agenda de transformação digital para os governos, acreditando no potencial e contribuição da tecnologia para enfrentar os desafios mais complexos vividos pela sociedade nas diferentes localidades do país.

Veja Também:

Inovação no Setor Público Aceleradas do BrazilLAB dominam categoria de GovTechs do Ranking TOP 100 Open Startups

Aceleradas do BrazilLAB dominam categoria de GovTechs do Ranking TOP 100 Open Startups

Das 10 Startups premiadas na categoria GovTech, 7 são da Rede do BrazilLAB; No Ranking das 100 Startups, 8 já passaram pela nossa Aceleração

Inovação no Setor Público BrazilLAB participa de Semana Internacional de Inovação da ENAP com vitrine de startups GovTech

BrazilLAB participa de Semana Internacional de Inovação da ENAP com vitrine de startups GovTech

Maior evento de inovação da América Latina é liderado pela Escola Nacional de Administração Pública (ENAP) e deverá reunir mais de 150 palestrantes nacionais e internacionais

Inovação no Setor Público BrazilLAB, Fundação Brava e CPI lançam estudo sobre ecossistema de Profissionais Digitais

BrazilLAB, Fundação Brava e CPI lançam estudo sobre ecossistema de Profissionais Digitais

Relatório apresenta desafios e oportunidades de melhoria na formação de profissionais responsáveis por conduzir a transformação digital