Logo BrazilLAB Logo BrazilLAB
BrazilLAB Nathalia Doné GovTech Meritocracity 1Doc GovTech Connection

GovTech Connection: grandes transformações começam com simples conexões

29/05/2020

Em plena pandemia, evento online reúne mais de 1000 pessoas com o propósito de transformar o setor público através das govtechs. Durante toda a semana foram discutidos temas como blockchain, serviço centrado no cidadão, transformação digital, smartcities, dados abertos, people analytics e cultura de inovação

Confira artigo de Lucas Ribeiro Prado, servidor público, cientista de dados e co-founder da Meritocracity.

O ecossistema de GovTechs têm se expandido no Brasil. A prova disso é que no ano passado tivemos seis empresas brasileiras entre as melhores da América Latina. Por todo o país, de Santa Catarina à Manaus, as govtechs têm buscado se destacar e encontrar soluções de tecnologia para solucionar os problemas do setor público. Como é o caso da a 1Doc e a Meritocracity, duas empresas de tecnologia que se uniram para organizar o GovTech Connection, evento gratuito e 100% online, que ocorreu na última semana de maio e reuniu mais de 1000 pessoas em plena pandemia. O BrazilLAB marcou presença no evento com a palestra da Nathalia Doné, Coordenadora de Inovação e Parcerias do LAB, que abordou o tema "Casos de sucesso na parceria entre Startups e Poder Público".

Quando pensamos no setor público, normalmente pensamos em algo engessado, ineficiente, burocrático e difícil de ser transformado. Algumas startups estão começando a olhar o governo de outra forma e percebendo grandes oportunidades negócios e de transformação através da tecnologia, são as govtechs. Por incrível que pareça, no Brasil mais de 91% dos gestores públicos estão dispostos a investir em tecnologia e inovação.

O enfrentamento de problemas sociais como pandemias, mudanças climáticas, envelhecimento populacional e desigualdade econômica geram uma crescente demanda por serviços públicos essenciais, como educação, saúde e segurança. Os gastos governamentais já somam mais de um terço do PIB global. As compras públicas do governo brasileiro representam mais de 42% do PIB, segundo estudos do Banco Interamericano de Desenvolvimento

Investimentos nessas novas tecnologias poderiam representar uma economia global da ordem de U$1 trilhão por ano, o que no nosso caso significaria dizer que a cada R$1 investido em govtechs estaríamos economizando mais de R$96 por ano. O Public Institute estima que só no Reino Unido, o mercado de govtechs irá movimentar cerca de U$400bilhões até 2025, mais do que fintechs e proptechs. A Estônia superou o atraso econômico e social de meio século de domínio soviético, se tornando um celeiro de unicórnios e a sociedade mais digital do planeta em menos de 10 anos. 

O propósito do evento foi de conectar empreendedores que atuam nesse setor com servidores e gestores públicos abertos à inovação, mostrando para a sociedade que existem alternativas viáveis para desburocratizar Estado e torná-lo mais eficiente, transparente e confiável. Quanto mais o governo, a iniciativa privada e os cidadãos estiverem conectados, maiores serão as chances de sucesso nesse grande desafio da transformação digital. 

Ao longo de uma semana de debates com a presença de mais 160 gestores e 388 servidores públicos com mais de 10 anos de carreira ficou claro que não basta somente investimento em tecnologia, é preciso focar nas pessoas e na geração de valor público, desenvolver cada vez mais serviços centrados no cidadão. 

Entre os palestrantes que participaram do evento estiveram nomes como Tadeu Barros (BDMG), Daniel Ortega (Banco Mundial), Eduardo Azevedo (BID), Joelson Vellozo (Secretaria de Governo Digital), Marizaura Camões (GNOVA), Nathália Doné (BrazilLAB), Thiago Rondon (AppCívico) e também o Deputado Felipe Rigoni, autor do PL de Govtechs no Congresso (PL nº 3443/2019), além de outras referências da comunidade de inovação pública no país.

O GovTech Connection foi idealizado como uma oportunidade de conectar as pessoas que querem fazer parte desse processo de transformação digital do setor público que, como ficou demonstrado na atual crise do coronavírus, é inadiável e irreversível. As govtechs ainda tem muitos paradigmas para disruptar no setor público, mas grandes transformações começam com simples conexões.  

Todas as palestras do evento estão disponíveis no canal do YouTube através deste link.

Veja Também:

Programa de Aceleração Conheça as 9 Startups e PMEs que seguem para a Banca Pitch da Força-Tarefa Covid-19

Conheça as 9 Startups e PMEs que seguem para a Banca Pitch da Força-Tarefa Covid-19

Próxima etapa da Aceleração acontecerá na quarta-feira (23/09) e definirá as Startups e PMEs finalistas para o DemoDay

Inovação no Setor Público BrazilLAB lança “BrazilLAB Talks” para debater a agenda de governo digital no país

BrazilLAB lança “BrazilLAB Talks” para debater a agenda de governo digital no país

Iniciativa inédita organizada pelo BrazilLAB vai promover debates com a participação de especialistas nacionais e internacionais sobre a agenda de inovação e tecnologia para a gestão pública no Brasil

Inovação no Setor Público Fundadora do BrazilLAB entra na lista dos 20 principais líderes GovTech de 2020

Fundadora do BrazilLAB entra na lista dos 20 principais líderes GovTech de 2020

Letícia Piccolotto entrou na lista elaborada pelo Creators que mapeia os líderes de destaque da pauta GovTech em todo o mundo